Topo

Esporte

Tite afirma que "fantasma do 7 a 1" ainda está presente na seleção brasileira

26/03/2018 14h36

Berlim, 26 mar (EFE).- O técnico Tite admitiu, em entrevista à revista alemã "Kicker", que o "fantasma" da goleada por 7 a 1 sofrida pelo Brasil contra a Alemanha na semifinal da Copa do Mundo de 2014, no Mineirão, ainda continua presente entre os jogadores.

"O 7 a 1 é um fantasma. Ocorreu e segue presente. As pessoas falam o suficiente disso. Quanto mais se fala, menos desaparece o fantasma", disse Tite antes do amistoso contra a Alemanha.

Por esse motivo, Tite admite que a partida tem um grande significado psicológico para o Brasil. Segundo o técnico, não será só um grande desafio esportivo, mas também emocional.

"As brincadeiras sobre o tema não são malignas. Mas a ferida segue aberta. A partida de Berlim é parte da cicatrização", afirmou.

Tite considera que a Alemanha é uma das favoritas para conquistar a Copa do Mundo na Rússia, não só pelo futebol jogado, mas também pela sequência em alto nível da seleção.

O comandante do Brasil destacou o trabalho do técnico da Alemanha, Joachim Löw, que conseguui integrar jovens jogadores à equipe principal. Na Copa das Confederações, em especial, Tite disse que esses atletas jogaram com naturalidade, como se estivessem há muito tempo atuando pela seleção.

Mais Esporte