Topo

Esporte

Inglaterra e Itália empatam em amistoso decidido pela intervenção do VAR

27/03/2018 18h08

Londres, 27 mar (EFE).- As seleções de Inglaterra e Itália empataram nesta terça-feira em 1 a 1, em amistoso disputado no estádio de Wembley, em Londres, com participação fundamental do sistema de árbitro de vídeo (VAR), que será utilizado na Copa do Mundo.

Na reta final do segundo tempo, o árbitro alemão Deniz Aytekin não viu falta na área do zagueiro James Tarkowski no jovem atacante Federico Chiesa, mas, alertado, revisou as imagens e marcou a infração. O atacante Lorenzo Insigne, aos 42 do segundo tempo, converteu cobrança de pênalti, igualando o placar.

Antes disso, aos 26 da etapa inicial, atacante Jamie Vardy havia aberto o marcador para os ingleses. Este foi o primeiro gol do jogador do Leicester pelo 'English Team' desde 28 de março de 2017, quando balançou as redes em duelo com a Lituânia, pelas Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo.

A Inglaterra, que vinha de vitória sobre a Holanda por 1 a 0, voltará a campo agora nos dias 2 e 7 de junho, para disputar amistosos contra Nigéria e Costa Rica, respectivamente. Depois disso, enfrentará, na ordem, Tunísia, Panamá e Bélgica, pelo grupo G da Copa.

A Itália, que está fora do Mundial, também entrará em campo em junho, segundo fontes da federação do país, já com o novo técnico, substituto do interino Luigi di Biagio. Primeiro, a 'Azzurra' visitará os franceses, e depois receberá os holandeses, que também não conquistaram vaga no torneio.

No jogo desta terça-feira, a Itália atacou mais no começo e teve pelo menos três chances claras nos primeiros 15 minutos de partida. Na melhor delas, em saída rápida para o ataque, Immobile aproveitou cruzamento e cabeceou firme, mas por cima do gol.

Porém, aos poucos, a Inglaterra foi se impondo e rondando a meta defendida por Donnarumma. Até que aos 25 minutos, em cobrança rápida de falta, Lingard tocou para Vardy chutar com força no alto e abrir o placar.

O segundo poderia ter surgido logo depois, aos 37, em descida rápida do 'English Team'. Sterling acelerou pelo meio e abriu na esquerda para Young, que bateu cruzado rente à trave esquerda.

O jogador do Manchester United era uma válvula de escape dos donos da casa e teve outra oportunidade aos oito minutos do segundo tempo. Young disparou pela esquerda, entrou na área, driblou a marcação e chutou forte, mas Bonucci apareceu para bloquear.

Se o ala inglês era o elemento surpresa, Sterling era o grande nome da seleção entre os atacantes. Em boa triangulação com Lingard e Lallana, o jogador do Manchester City chegou de trás e finalizou de primeira, mas pegou muito embaixo e cedeu tiro de meta.

A campeã mundial de 1966 era melhor, mas perdeu força com as substituições feitas pelo técnico Gareth Southgate. Os visitantes ganharam terreno e tiveram a chance do empate aos 33, em tabela entre dois jogadores do Napoli, Jorginho e Insigne. O brasileiro naturalizado cruzou, o atacante emendou de primeira e tirou tinta da trave.

Pouco depois, aos 41, o árbitro da partida contou com a ajuda do vídeo para marcar pênalti de Tarkowski em Chiesa. Insigne foi para a cobrança e, com muita categoria, estufou as redes inglesas, deixando tudo igual.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte