Topo

Esporte

Mascherano usa bracelete em apoio a candidatura tripla a sediar Copa de 2030

27/03/2018 20h16

Redação Central, 27 mar (EFE).- O volante Javier Mascherano, que nesta terça-feira igualou o recorde do ex-lateral Javier Zanetti de mais partidas disputadas pela seleção da Argentina, com 142, usou durante a derrota para a Espanha por 6 a 1 um bracelete em vestiu à candidatura conjunta de seu país com Uruguai e Paraguai de sediar a Copa do Mundo de 2030.

O vice-ministro de Turismo do Uruguai, Benjamín Liberoff, disse nesta terça à Agência Efe que o artigo foi usado por Mascherano depois de um acordo feito entre autoridades das três nações em reunião em Montevidéu em 17 de fevereiro.

Segundo Liberoff, no encontro, representantes dos três países definiram mencionar a candidatura comum em todos os eventos internacionais. No bracelete de Mascherano, havia a frase "2030 juntos" nas cores da bandeira da Argentina.

A divulgação não se limitará ao aspecto esportivo e acontecerá também, por exemplo, na World Travel Market Latin America, em São Paulo, na semana que vem.

Nas próximas semanas, as autoridades dos três países voltarão a se reunir para definir assuntos relativos ao logo comum, assim como o cronograma de trabalho em relação ao Mundial deste ano, na Rússia.

Em 2030, a primeira Copa da história completará 100 anos. Em 1930, o Uruguai conquistou o título em casa, derrotando a Argentina por 4 a 2 na final.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte