Topo

Esporte

COI anuncia 7 pré-candidaturas para sediar Jogos Olímpicos de Inverno de 2026

03/04/2018 10h24

Genebra, 3 abr (EFE).- O Comitê Olímpico Internacional (COI) designou nesta terça-feira seis cidades e um grupo de localidades italianas como pré-candidatas para sediar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2026.

As pré-candidatas são: a austríaca Graz; a canadense Calgary; as italianas Cortina d'Ampezzo-Milan-Turin; a japonesa Sapporo; a sueca Estocolmo; a suíça Sion; e a turca Erzurum.

Para satisfação do COI - que viu como o interesse para sediar Jogos Olímpicos, fosse de inverno ou de verão, diminuía a cada ano - houve um número surpreendente alto de aspirantes para a edição de 2026.

Nos últimos processos de seleção, só duas cidades se apresentaram para cada evento: Pequim e Almaty para os Jogos de Inverno de 2022; e Paris e Los Angeles para os de verão de 2024.

Uma situação que virou destaque de um comunicado divulgado pelo próprio presidente do COI, Thomas Bach, que disse que a organização tinha "definitivamente virado a página com relação às candidaturas olímpicas".

"Nosso objetivo não só é ter um número recorde de candidatas, mas escolher a melhor cidade para mostrar os melhores Jogos Olímpicos para os melhores atletas do mundo", acrescentou Bach.

Selecionadas estas sete cidades - ou grupo de cidades, no caso italiano - e agora prosseguirá o "processo de diálogo", como o define o COI.

No entanto, o comunicado não especifica se haverá outra pré-seleção antes de a cidade escolhida ser designada finalmente em setembro de 2019.

A organização destaca que seguirá comprometida com as cidades pré-candidatas e que as ajudará a se preparar para que apresentem um projeto que cumpra com todos os requisitos esportivos, mas que, além disso, possa beneficiar os cidadãos a longo prazo, se baseando em critérios de sustentabilidade.

A lista das cidades pré-selecionadas surgiu de um processo de diálogo e estudo realizado pelos técnicos do COI com o objetivo de determinar quais tinham realmente opções para ser sede e quais não.

A organização quis assim simplificar o processo e evitar que houvesse descartes em uma fase posterior de cidades que nunca tiveram possibilidades.

O COI manteve processos de diálogo com Calgary (Canadá, que já foi sede em 1988), Sapporo (Japão, foi em 1972), Estocolmo (foi de Jogos de Verão em 1956) e Sion (Suíça, candidata em 1976, 2002 e 2006).

E posteriormente mostraram também interesse várias cidades americanas, entre elas Salt Lake City (sede em 2002), as austríacas Graz e Schladming e as italianas Milão e Turim (sede em 2006).

O Comitê Olímpico americano mostrou também interesse para a reunião de 2030, especifica o comunicado.

Mais Esporte