Topo

Esporte

Sede do River é alvo de operação policial por denúncia de abuso sexual

03/04/2018 19h35

Buenos Aires, 3 abr (EFE).- O estádio Monumental de Nuñez e as instalações do River Plate em Buenos Aires foram alvo de uma operação de busca e apreensão nesta terça-feira depois que uma médica denunciou casos de abuso sexual cometidos contra menores das categorias de base dos 'Millonarios' que teriam ocorrido entre 2004 e 2011.

Porta-vozes do River detalharam à Agência Efe que se tratou de um "requerimento de informação" e deixaram claro que desde a manhã desta terça o clube se colocou à disposição da justiça.

Uma médica que trabalhou nos 'Millonarios' até 2011 fez a denúncia através da ONG Avivi, que ajuda vítimas de abuso, e disse ter tomado conhecimento de dois casos.

"Em virtude da denúncia apresentada pela ONG Avivi, o River Plate comunica que dará total colaboração para a reconstrução dos casos ocorridos entre os anos de 2004 e 2011, tal qual dito na denúncia", pronunciou-se o clube em comunicado.

A denúncia contra o River vem à tona dias depois que investigações de casos similares no Independiente levaram à detenção de seis pessoas.

"Uma médica teve conhecimento de três meninos que sofreram abusos. Viviam nas instalações do River, e havia uma pessoa que ia pelo menos três vezes por semana ao clube e cometia abusos sobre os meninos", detalhou o advogado da Avivi, Andrés Bonicalzi, à emissora "Radio Provincia".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte