Topo

Esporte

Clezar perde de virada, e Colômbia empata série com Brasil pela Davis

06/04/2018 22h59

Barranquilla (Colômbia), 6 abr (EFE).- Após começar a série com a Colômbia pelo Zonal Americano da Copa Davis com fácil vitória de Thiago Monteiro sobre Santiago Giraldo nesta sexta-feira, o Brasil ficou perto de abrir 2 a 0 no placar geral com Guilherme Clezar, mas o tenista gaúcho perdeu de virada para Daniel Galán, número 1 da equipe anfitriã, por 3-6, 6-2 e 6-1 em duas horas.

No primeiro set, Clezar, de 25 anos e atual 234º colocado no ranking da ATP, conseguiu defender quatro break points no quarto game, e no serviço seguinte, do colombiano, foi a vez de o brasileiro não aproveitar o mesmo número de chances de quebra. Porém, no sétimo e no nono games, não desperdiçou as outras oportunidades e fechou a parcial em 6-3.

Uma das esperanças do tênis colombiano, Galán, de 21 anos e número 257 do mundo, cresceu a partir do segundo set e motivou a torcida que encheu as arquibancadas da quadra dura no Parque Distrital de Raquetas, em Barranquilla. No terceiro e no quinto games, ele quebrou o saque do brasileiro, que devolveu na mesma moeda no sexto, mas o colombiano voltou a repetir a dose no sétimo e confirmou seu serviço no oitavo para fechar em 6-2.

Na terceira parcial, o domínio de Galán foi ainda maior. Irreconhecível em relação à forma como havia começado o jogo, Clezar viu o adversário abrir 5-0 com três quebras. O gaúcho evitou o pneu ao confirmar o saque no sexto game, mas ficou longe de conseguir um milagre e perdeu na sequência.

Com a nova formatação das disputas nos Zonais, que agora acontecem em dois dias, o confronto entre Brasil e Colômbia será definido neste sábado.

Nas duplas, os anfitriões Juan Sebastián Cabal e Robert Farah são favoritos contra Marcelo Demoliner e Marcelo Melo. Em seguida serão disputados os duelos de simples, a princípio com partidas invertidas em relação às de hoje: Thiago Monteiro enfrentará Daniel Galán, e Guilherme Clezar vai encarar Santiago Giraldo, se os técnicos não escolherem outros tenistas.

O vencedor da série garantirá vaga nos playoffs da Davis, que serão realizados em setembro e são classificatórios para a divisão de elite do torneio, o Grupo Mundial.

Mais Esporte