Topo

Esporte

Após vitória em Turim, Real tenta confirmar 8ª semi de Champions seguida

10/04/2018 17h56

(Corrige 5º parágrafo).

Madri, 10 abr (EFE).- Vencedor das últimas edições do torneio, o Real Madrid tentará nesta quarta-feira se classificar para as semifinais da Liga dos Campeões e para isso poderá perder por até dois gols de diferença para a Juventus no estádio Santiago Bernabéu, já que no jogo de ida na semana passada, em Turim, obteve uma vitória por 3 a 0.

Com uma atuação impecável no Allianz Stadium, com direito a gol de bicicleta de Cristiano Ronaldo, em reedição da final do ano passado, o dono de 12 títulos continentais ficou muito perto de mais uma vez marcar presença entre os quatro melhores.

Nem todo mundo se lembra, mas o Real viveu um jejum até o começo desta década, caindo seis vezes seguidas nas oitavas, de 2005 a 2010. Depois disso, caiu três vezes seguidas nas semifinais até obter a tão almejada Décima em 2014. Foi eliminado pela própria Juve antes da decisão em 2015 e depois deu a volta olímpica outras duas vezes.

Na 'Velha Senhora', ainda há um último suspiro na tentativa de que Buffon conquiste o título da 'Champions', que seria inédito na carreira do goleiro de 40 anos. O ídolo italiano anunciou que se aposentará ao final da última temporada e sonha com a taça, depois de ter sido vice três vezes, em 2003, em 2015 e no ano passado.

Os números favorecem a equipe madrilenha, já que até hoje ninguém derrubou uma desvantagem de três gols em uma eliminatória de ida e volta decidindo fora de casa. Além disso, os 'Blancos' venceram os últimos 11 jogos de quartas de final da Liga dos Campeões que disputou em seu estádio.

O técnico Zinedine Zidane tem equipe completa do meio-campo para frente, mas enfrenta problemas para escalar a defesa. O capitão Sergio Ramos está suspenso, enquanto Nacho, substituto natural, está machucado.

A segunda opção é Jesús Vallejo, que jamais atuou pela 'Champions' e, além de tudo, ainda se recupera de uma sobrecarga muscular. Dessa forma, a alternativa seria improvisar Casemiro como zagueiro para jogar ao lado de Varane e escalar Kovacic na cabeça de área.

Com Modric e Isco descansados, o chamado "trio BBC" não ficará completo. Cristiano Ronaldo é intocável, e 'Zizou' ainda decidirá se Bale ou Benzema formará dupla com o craque português.

Na Juventus, Dybala, expulso na primeira partida, é desfalque certo. Por outro lado, Mandzukic está de volta e deverá ocupar o espaço deixado pelo argentino em uma das pontas, com Douglas Costa na outra e Higuaín centralizado. Além disso, na defesa, Benatia estará de volta depois de ter cumprido suspensão em Turim.



Prováveis escalações:.

Real Madrid: Navas; Carvajal, Varane, Vallejo e Marcelo; Casemiro, Kroos, Modric e Isco; Bale (ou Benzema) e Cristiano Ronaldo. Técnico: Zinedine Zidane.

Juventus: Buffon; De Sciglio, Benatia, Chiellini e Alex Sandro; Matuidi, Khedira e Pjanic; Douglas Costa, Mandzukic e Higuaín. Técnico: Massimiliano Allegri.

Árbitro: Michael Oliver (Inglaterra), auxiliado pelos compatriotas Stuart Burt e Simon Bennett.

Estádio: Santiago Bernabéu, em Madri.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte