Topo

Esporte

Marcelo garante ter havido pênalti de Benatia em atacante do Real Madrid

11/04/2018 20h00

Madri, 11 abr (EFE).- O lateral-esquerdo Marcelo, do Real Madrid, disse nesta quarta-feira não ter nenhuma dúvida de que foi acertada a marcação do pênalti nos instantes finais da derrota para Juventus 3 a 1, que, ao ser convertido, valeu classificação para a equipe espanhola às semifinais da Liga dos Campeões da Europa.

"Para mim, foi pênalti. Eu estava por trás do lance, o vi. Para mim, foi claríssimo. Não sou eu quem decide, mas foi pênalti", garantiu o defensor da seleção brasileira, na saída do estádio Santiago Bernabéu, em Madri, onde aconteceu o duelo decisivo.

Marcelo, ao mesmo tempo que foi incisivo ao apoiar a marcação do árbitro inglês Michael Oliver, também se mostrou compreensivo com os protestos dos jogadores da Juventus, que, devido ao gol do atacante português Cristiano Ronaldo, se despediram da competição.

"Isso é o futebol. Estavam em um jogo que valia vaga na semifinal. É normal. Estamos no calor da partida, dando tudo de nós, marcam um pênalti contra você no fim. É difícil. Não há problema reclamarem", disse o brasileiro.

Sobre o andamento do duelo, em que a Juve chegou a abrir 3 a 0, ficando perto de forçar prorrogação, já que este havia sido o placar da ida, no Juventus Stadium, Marcelo defendeu a atuação dos companheiros e disse que não houve desespero.

"Com três de vantagem, normalmente, o outro time sai para amassar e marcar gols, como fizemos na ida. O nosso ponto positivo foi que, ao levar três gols, saímos para seguir tentando marcar. Tivemos muitas chances e demos tudo de nós", explicou o jogador.

O técnico francês Zinedine Zidane manteve o discurso de todos os jogadores do elenco, garantindo ter se tratado de uma falta indiscutível do zagueiro marroquinho Mehdi Benatia no atacante espanhol Lucas Vázquez.

"Houve pênalti. Me disseram que houve pênalti. Não vi. De todas as formas, o árbitro marcou, e não podemos mudar isso. Mas, acho que houve pênalti. Se houve pênalti, houve pênalti e acabou. Agora, não é preciso falar, nós conseguimos", afirmou o comandante, em entrevista coletiva.

Zidane, que pode levar o Real Madrid ao terceiro título continental consecutivo, elogiou o adversário, que esteve perto de fazer história no Santiago Bernabéu.

"Estamos nas semifinais. Eles fizeram um bom jogo, e nós um jogo regular. Lutamos até o fim, e acho que dentro dos dois jogos, merecemos a classificação", avaliou o treinador.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte