Topo

Esporte

Presidente da Juve pede VAR e diz que árbitro ficará triste ao rever pênalti

11/04/2018 19h36

Madri, 11 abr (EFE).- O presidente da Juventus, Andrea Agnelli, pediu que a Uefa passe a utilizar tecnologia nos jogos da Liga dos Campeões e afirmou que o árbitro inglês Michael Oliver, que marcou nos instantes finais da partida o pênalti que classificou o Real Madrid, ficará triste ao rever o lance.

Agnelli disse estar orgulhoso pela atuação da 'Velha Senhora' no Santiago Bernabéu, mas criticou o pênalti marcado no fim da partida.

"O árbitro falhou e será o mais triste a sair do estádio", afirmou o dirigente em entrevista à emissora "beIN Sports".

Além de questionar a arbitragem, o presidente da Juve foi contundente ao pedir o uso do sistema de vídeo-arbitragem (VAR) no torneio para resolver situações como as ocorridas hoje.

O dirigente também se mostrou incomodado com Pierluigi Collina, responsável pela comissão de arbitragem da Uefa, e também considerou como excessiva a expulsão do goleiro Gianluigi Buffon.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte