Topo

Esporte

PSG rebate jornal e diz que Uefa tem "visão clara" das contas do clube

Francois Mori/AP Photo
Contas do PSG de Nasser Al-Khelaifi foram denunciadas pelo jornal Financial Times Imagem: Francois Mori/AP Photo

11/04/2018 15h58

O Paris Saint-Germain afirmou nesta quarta-feira que a Uefa tem uma visão "clara e transparente" das contas do clube, uma resposta à matéria divulgada pelo jornal britânico "Financial Times", que questionou o valor real dos contratos de patrocínio da equipe francesa.

"O PSG deplora que, a poucos dias de uma reunião com a Uefa, saiam mais uma vez informações errôneas contrato nosso clube, desta vez na imprensa britânica", lamentou o clube em comunicado.

Segundo o clube, a Uefa tem uma "visão clara e transparente da situação das finanças do clube, especialmente dos contratos plurianuais feitos com os nossos parceiros".

O "Financial Times" afirmou que o PSG assinou vários contratos de patrocínio por valores superiores aos de mercado, uma situação que deu ao clube uma vantagem financeira em relação aos demais.

O jornal indica que esses contratos foram realizados com empresas que estão na órbita do conjunto de acionais do PSG, controlado por um fundo de investimento do governo do Catar.

A Uefa investiga as operações do PSG na última janela de transferências, quando o clube contratou o brasileiro Neymar, por 222 milhões de euros, e o francês Kylian Mbappé, emprestado pelo Monaco com uma cláusula de aquisição obrigatória na próxima temporada de 145 milhões de euros, em 35 parcelas.

Por enquanto, só a venda do brasileiro Lucas Moura ao Tottenham, por 28 milhões de euros, permitiu atenuar o déficit do clube.

Mais Esporte