Topo

Esporte

Árbitro de vídeo marca pênalti após jogadores deixarem campo no intervalo

Kai Pfaffenbach/Reuters
Jogadores do Freiburg conversam com árbitro Guido Winkmann após marcação controversa de pênalti Imagem: Kai Pfaffenbach/Reuters

16/04/2018 19h03

Na acirrada luta para fugir do rebaixamento no Campeonato Alemão, o Mainz venceu o Freiburg por 2 a 0 em casa nesta segunda-feira com direito a um lance curioso: um pênalti marcado com o auxílio do árbitro de vídeo (VAR) quando as equipes estavam nos vestiários para o intervalo

O árbitro Guido Winkmann apitou o final do primeiro tempo após uma jogada em que a defesa do Freiburg afastou um cruzamento do lateral-direito Daniel Brosinski, mas, após ser avisado e analisar as imagens, marcou pênalti devido a um toque de mão de um jogador da equipe visitante.

A penalidade máxima surpreendeu todos os jogadores do Freiburg no vestiário, do qual tiveram que retornar o mais rápido possível para ver o meia argentino Pablo de Blasis abrir o placar, aos 52 minutos do primeiro tempo.

Esse não foi o único percalço do confronto, já que a segunda etapa teve de começar com vários minutos de atraso por causa do lançamento de rolos de papel higiênico em direção a um dos gols por parte dos torcedores locais, como protesto pela realização de partidas do Campeonato Alemão nas segundas-feiras.

Sem conseguir reagir, o Freiburg viu a derrota ser sacramentada aos 33 minutos do segundo tempo devido a uma falha do goleiro Alexander Schwolow que ocasionou mais um gol de Pablo de Blasis.

Com o resultado, o Mainz saiu da zona de rebaixamento e ocupa a 15ª posição, com os mesmos 30 pontos que o Freiburg, atual 16º colocado, posto que disputa a permanência na primeira divisão em um play-off.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte