Topo

Esporte

Ferguson diz sentir orgulho de seu "amigo e rival" Arsène Wenger

Thanassis Stavrakis/AP Photo
Sir Alex Ferguson acompanhou a partida entre Bélgica e Suécia pela Eurocopa Imagem: Thanassis Stavrakis/AP Photo

EFE

20/04/2018 14h42

Lenda do Manchester United, o ex-técnico Alex Ferguson elogiou nesta sexta-feira (20) o trabalho de seu "amigo e rival" Arsène  Wenger, que anunciou que deixará o Arsenal ao fim da temporada, depois de 22 anos, e afirmou ter "orgulho" dele.

Os dois protagonizaram uma grande rivalidade durante a década de 1990, especialmente, e 2000, uma disputa que durou até 2013, quando o Ferguson decidiu se aposentar e deixar Old Trafford.

"Estou muito contente por Arsène  Wenger. Tenho um grande respeito por ele e pelo trabalho que fez no Arsenal. É uma grande demonstração de seu talento, de seu profissionalismo e de sua determinação que tenha dedicado 22 anos de sua vida para fazer o trabalho que gosta", disse Ferguson ao saber da saída do francês.

"Em um campo no qual os treinadores de futebol só costumam durar uma ou duas temporadas, isso coloca em destaque o grande marco que é aguentar tanto tempo em um clube do tamanho do Arsenal. Estou encantado que ele tenha anunciado sua saída nessa altura da temporada, para que possam dar a despedida que ele merece", disse.

"É, sem dúvida, um dos grandes técnicos da história do Campeonato Inglês. Tenho orgulho de ter sido o rival, o companheiro e o amigo do grande homem que ele é", completou Sir Alex.

Nos 22 anos de Arsenal, Wenger conquistou três títulos do Inglês, sete Copas da Inglaterra e sete Copas da Liga Inglesa. Nesta temporada, afastado do topo da Premier  League e eliminados das taças nacionais, o Arsenal aposta tudo na Liga Europa, competição na qual enfrentarão o Atlético de Madrid por uma vaga na grande decisão.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte