Topo

Esporte

Chivas joga pelo empate para manter hegemonia mexicana na Concachampions

24/04/2018 18h31

Cidade do México, 24 abr (EFE).- Vencedor da primeira edição da Liga dos Campeões da Concacaf, em 1962, o Chivas Guadalajara jogará pelo empate contra o Toronto FC nesta quarta-feira no estádio Akron (antigo Omnilife) para ser bicampeão continental e manter a hegemonia do México, país que fica com o título desde 2006.

A equipe da capital mexicana optou por enfocar a competição continental em detrimento do Torneio Clausura nacional, no qual é o penúltimo colocado, à frente apenas do já rebaixado Lobos BUAP. O time dirigido pelo argentino Matías Almeyda jogará pelo empate para ficar com a taça e poderá até perder por 1 a 0, já que o gol qualificado é critério de desempate também na decisão.

Nas últimas três rodadas do Clausura, o Chivas foi derrotado por Veracruz, Tijuana e Atlas, em partidas nas quais atuou com uma escalação alternativa para priorizar a 'Concachampions'.

O Toronto, atual campeão canadense e da MLS, principal liga dos Estados Unidos, buscará a virada na eliminatória decisiva depois de ter passado por outros dois concorrentes do México, o Tigres, nas quartas, e o América, nas semifinais.

Mas será preciso melhorar o desempenho em território inimigo. Nas duas séries anteriores, o time do técnico americano Greg Vanney ganhou em casa na ida e teve boas atuações, mas foi mal como visitante, colhendo uma derrota e um empate.

"Mais que futebol para isso, temos um grupo que viveu grandes experiências nos últimos anos. Jogamos finais, estivemos à frente, em desvantagem, precisando de resultados... O Chivas está à frente, mas sabemos o que temos de fazer para ficar com o troféu", declarou em entrevista coletiva o capitão do Toronto FC, o volante Bradley.

O ex-jogador da Roma afirmou que quer obter o título para dedicá-lo às vítimas do atentado ocorrido nesta segunda-feira na cidade de Toronto, um atropelamento que deixou dez mortos.

"Teremos a oportunidade de fazer algo especial para a cidade de Toronto e de deixar orgulhosos todos os que ficaram em casa. Toronto é uma das melhores cidades no mundo e estou orgulhoso de nomeá-la como minha casa. Por isso, o que ocorreu nos machuca. Nossos pensamentos e orações estão com os familiares das vítimas", destacou.

Por tradição, o Chivas joga com apenas com atletas mexicanos. Dessa forma, o único brasileiro em campo será o ala-direito Auro, revelado pelo São Paulo e que é titular dos visitantes.

O campeão da 'Concachampions' será o segundo classificado para o Mundial de Clubes deste ano, após o Al-Ain, representante do país anfitrião, os Emirados Árabes. O único time não mexicano da Concacaf a disputar a competição foi o Saprissa, da Costa Rica, em 2005.



Prováveis escalações:.

Chivas Guadalajara: Cota; Brizuela, Salcido, Alanís e Mayorga; Carlos Cisneros, Pérez, Pineda e Pizarro; Pulido e Godínez. Técnico: Matías Almeyda.

Toronto FC: Bono; Van der Wiel, Moor e Mavinga; Auro, Bradley, Osorio, Delgado e Morgan; Giovinco e Altidore. Técnico: Greg Vanney.

Estádio: Akron, em Zapopan, no estado mexicano de Jalisco.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte