Topo

Esporte

Quartas de final do ATP 500 de Barcelona terão os quatro top 10 do torneio

26/04/2018 16h46

Barcelona, 26 abr (EFE).- As quartas de final do ATP 500 de Barcelona contarão com os quatro top-10 que estavam inscritos no torneio e que se classificaram nesta quinta-feira: o espanhol Rafael Nadal, o búlgaro Grigor Dimitrov, o austríaco Dominic Thiem e o belga David Goffin.

Quem passou mais fácil foi Nadal, número 1 do mundo, que não teve dificuldades para eliminar o compatriota Guillermo García-Lopez, com parciais de 6-3 e 6-1.

Mais intenso, agressivo e com mais ritmo que na estreia contra Roberto Carballés, o 'Toro Miúra' precisou de uma hora e 19 minutos para seguir rumo a mais um título do torneio catalão, o qual já conquistou dez vezes.

Nadal enfrentará na próxima fase o eslovaco Martin Klizan, carrasco do sérvio Novak Djokovic na segunda rodada e do espanhol Feliciano López nas oitavas.

Klizan, um dos jovens mais promissores do circuito (ganhou Roland Garros júnior em 2006) e semifinalista em Barcelona em 2015, ocupa agora, aos 28 anos, o 140º lugar no ranking da ATP, depois de um 2017 muito irregular por causa das lesões.

Esta será a quarta vez que ambos se enfrentarão. Por enquanto, o balanço é favorável a Nadal, com duas vitórias e uma derrota no histórico do duelo.

A classificação de Grigor Dimitrov veio com suor. O segundo cabeça de chave em Barcelona e número 5 no ranking eliminou o tunisiano Marek Jaziri, 88º da ATP, que foi superior durante muitos momentos do jogo.

Após uma partida de duas horas e 49 minutos de duração, o tenista de Sófia alcançou a vitória com parciais de 7-5, 6-3 e 7-6. Jaziri chegou a ter dois match points, mas desperdiçou as oportunidades.

Nas quartas de final, o búlgaro terá como rival o espanhol Pablo Carreño, quinto cabeça de chave do torneio e que hoje se esforçou para derrotar o francês Adrian Mannarino, 11º favorito, por 6-2, 4-6 e 7-6.

Carreño teve duas bolas do jogo com 5-3 e outra com 5-4 no terceiro set, antes de salvar outras três em 5-6, mas terminou levando o duelo no tie-break.

Dimitrov e Carreño se enfrentarão amanhã pela quinta vez, com um balanço favorável ao búlgaro por 3 a 2, embora as duas vitórias do espanhol tenham sido no saibro.

Dominic Thiem, sétimo do ranking mundial, também cumpriu os prognósticos e despachou o eslovaco Jozef Kovalik, substituto do espanhol Fernando Verdasco, que se lesionou. Kovalik resistiu no primeiro set, o qual levou ao desempate, mas Thiem, acabou levando o triunfo por 7-6 e 6-2.

O terceiro cabeça de chave enfrentará nas quartas o grego Stefano Tsitsipas, que nesta quinta-feira eliminou o espanhol Albert Ramos por 6-4 e 7-5 e já é considerado a revelação do torneio. Esta será a primeira vez que ambos duelarão no saibro. Na quadra dura, Thiem levou a melhor nos dois confrontos disputados até hoje.

David Goffin completou a lista do top-10 nas quartas de final ao virar sobre o russo Karen Khachanov para chegar à vitória com parciais de 2-6, 7-6 e 6-0.

No sábado, o décimo do ranking da ATP terá como adversário o espanhol Roberto Bautista, quem passou pelo compatriota Pablo Andújar por 6-4 e 6-1.

Goffin e Bautista se enfrentaram quatro vezes, com duas vitórias para cada. Na única vez que duelaram sobre o saibro, na semana passada, nas quartas de final do Masters 1.000 de Monte Carlo, a vitória foi do tenista belga.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte