Topo

Esporte

Recursos de caso de doping de Guerrero serão julgados nesta quinta

30/04/2018 12h25

Valência (Espanha), 30 abr (EFE).- Os recursos sobre a suspensão do atacante Paolo Guerrero por doping, através dos quais a defesa pede a absolvição do jogador, enquanto a Agência Mundial Antidoping solicita a ampliação da sua suspensão para dois anos, serão julgados na próxima quinta-feira em sessão conjunta em Lausanne, na Suíça.

A defesa do atleta do Flamengo é feita pelo espanhol Juan de Dios Crespo, que há um ano conseguiu derrubar uma punição a Lionel Messi por xingamentos proferidos em jogo da Argentina contra o Chile pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. O advogado alegou que as palavras do craque não foram dirigidas ao árbitro assistente Emerson Augusto de Carvalho.

No caso de Guerrero, Crespo não entrou em detalhes como a defesa será conduzida, mas confirmou que a tentativa é de que o atleta possa voltar a jogar pelo Fla já no próximo domingo contra o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro.

"Se não houver decisão desfavorável, o jogador poderá jogar imediatamente. Ele já está treinando há dois meses, como a legislação autoriza", declarou o advogado, especialista em justiça desportiva internacional.

Guerrero foi suspenso por um ano em 3 de novembro de 2017 ao dar positivo para o consumo de benzoilecgonina, principal metabolito da cocaína, após o jogo entre Peru e Argentina, em 5 de outubro, também pelas Eliminatórias. Porém, em dezembro, Comitê de Apelação da Fifa reduziu a punição para seis meses.

Não satisfeito, o atacante rubro-negro recorreu à Corte Arbitral do Esporte (CAS) para ser absolvido, enquanto a Wada pediu um castigo maior.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte