Topo

Esporte

Koscielny ficará 6 meses longe dos gramados e está fora da Copa, diz Wenger

08/05/2018 11h07

Londres, 8 mai (EFE).- O zagueiro francês Laurent Koscielny, do Arsenal, ficará seis meses afastado dos gramados e, por consequência, não poderá disputar a Copa do Mundo, devido ruptura do tendão de Aquiles da perna direita, confirmou nesta terça-feira o técnico francês Arsene Wenger.

"Koscielny está destroçado, como é normal, porque acaba de ser operado. Isso significa que, perderá os próximos seis meses. Não o veremos até o fim de dezembro", lamentou o comandante dos 'Gunners', em entrevista coletiva.

"Tentaremos ser positivos sempre. Quando alguém sofre uma lesão assim, a única coisa que poderemos fazer é sermos positivos", completou Wenger.

Koscielny, capitão do Arsenal, sofreu lesão durante o jogo de volta com o Atlético de Madrid, pelas semifinais da Liga Europa, em jogo disputado no estádio Wanda Metropolitano

Wenger, além disso, confirmou que o meia espanhol Santi Cazorla não atuará nos dois últimos compromissos do Arsenal nesta temporada, os últimos do clube londrino sob o comando do técnico francês.

"É uma pena. O contratei e amo esse jogador e a pessoa que ele é. Está bem, está melhorando e correndo, mas o risco de forçar para que volte antes é muito elevado", lamentou.

Cazorla, de 33 anos, tem contrato acabando no fim da temporada e não joga desde 19 de outubro de 2016, quando se lesionou em jogo com o Ludogorets, em Londres, pela Liga dos Campeões da Europa. O veterano, no entanto, sofre com problemas físicos desde 2015.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte