Topo

Esporte

São Paulo vence Rosario Central e garante vaga na 2ª fase da Sul-Americana

09/05/2018 23h53

São Paulo, 9 mai (EFE).- O São Paulo fez o dever de casa nesta quarta-feira, contou com gol quase sem querer e venceu o Rosario Central por 1 a 0, em jogo disputado no Morumbi, resultado que valeu classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana.

O meia-atacante Diego Souza foi o responsável por mexer no placar, aos 15 minutos do primeiro tempo, em sobra de bola, após finalização de Reinaldo. O artilheiro solitário da noite estava junto a trave e quase não se esforçou para marcar.

No fim, a partida teve confusões e expulsões, com o Tricolor tendo que terminar o jogo com nove homens, já que Christian Cueva e Petros viram cartão vermelho. O atacante argentino Germán Herrera, por sua vez, acabou expulso após o apito final, pelo árbitro paraguaio Éber Aquino.

O Tricolor, que havia empatado sem gols na ida e hoje não contou com o zagueiro Rodrigo Caio, suspenso por ter sido expulso na ida, e o meia-atacante Everton, que não está inscrito no torneio, agora aguarda os demais participantes da segunda fase, que estarão em sorteio marcado para acontecer no dia 4 de junho.

No primeiro tempo, o São Paulo estabeleceu domínio desde o apito inicial, mas apresentou dificuldades em agredir com mais efetividade. Aos 19, Diego Souza recebeu na direita, cruzou e achou Nenê, que fuzilou e parou em ótima defesa do goleiro Ledesma.

O Rosario, acuado no começo da partida, aos poucos, se soltou. Aos 29, após cobrança de falta, a zaga tricolor conseguiu afastar, mas, no rebote, Da Campo bateu firme, em bola que passou muito perto da meta defendida por Sidão.

No segundo tempo, o time argentino ficou perto de balançar as redes aos 12, quando Rubén cruzou e achou Pereyra, que ficou por pouco centímetros de balançar as redes.

O São Paulo conseguiu responder, e em grande estilo, aos 15, quando Reinaldo recebeu na esquerda, avançou e bateu cruzado. A bola bateu na trave e sobrou para Diego Souza, livre, apenas escorar a bola, balançar as redes e abrir o marcador.

O jogo de poucas emoções esquentou mesmo nos instantes finais, inclusive com tumulto entre jogadores em campo. Aos 45, Cueva foi expulso por entrada violenta em adversário. Nos acréscimos, Petros foi quem acabou recebendo cartão vermelho.

Nos últimos segundos, o Rosario tentou uma 'blitz', para marcar gol que valeria classificação, mas não teve sucesso. Depois do apito final, o atacante Herrera, ex-Corinthians, Botafogo e Vasco, foi expulso.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte