Topo

Esporte

Técnico garante que Rooney não pediu para sair do Everton

11/05/2018 13h53

Londres, 11 mai (EFE).- O técnico Sam Allardyce, do Everton, garantiu nesta sexta-feira que o atacante inglês Wayne Rooney não pediu oficialmente para deixar o clube, apesar do jogador estar negociando transferência para o DC United, liga americana de futebol (MLS).

"Pelo que soube, existem negociações (para a venda de Rooney). Não costumo interferir em transferências. A única coisa que ouvi é que o DC United está interessado. Tudo bem se um jogador quer deixar o clube, mas sejamos claros: Rooney não pediu para sair. Não tive nenhum problema com ele. Somos adultos e conversamos", afirmou Allardyce, em entrevista coletiva.

Segundo a rede de notícias britânica "BBC", Rooney, que retornou no ano passado ao Everton, após 13 temporadas no Manchester United, deixará os 'Toffees' por cerca de 12,5 milhões de libras (R$ 60,3 milhões).

O DC United ofereceu ao centroavante de 32 anos um contrato até o final de 2020, e seu agente, Paul Stretford, está nos Estados Unidos negociando as condições.

O desempenho de Rooney no Everton foi determinante na decisão dele em procurar novos desafios. Mesmo sendo artilheiro do time na temporada, com 11 gols em todas as competições, o técnico Allardyce pediu publicamente por reforços para a posição, alguém que "possa marcar 15 ou mais gols por ano no Campeonato Inglês".

"Precisamos de jogadores de qualidade que possam fazer melhor para a equipe. Temos que melhorar no ataque. Wayne é o artilheiro, mas muitos de seus gols foram de pênalti", explicou Allarcye.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte