Topo

Esporte

Svitolina admite que título em Roma é passo para se destacar em Roland Garros

20/05/2018 14h06

Roma, 20 mai (EFE).- A ucraniana Elina Svitolina, que conquistou neste domingo o Masters 1000 de Roma, na Itália, admitiu que o título é um grande passo para uma campanha em Roland Garros, que terá início na próxima semana.

"Será diferente com relação ao ano passado. Eu desejava entrar em um Grand Slam como um das favoritas", disse a campeã, pouco depois de erguer o troféu no Foro Itálico.

Svitolina repetiu a vitória alcançada sobre a romena Simona Halep, na final do ano passado em Roma, levando a melhor hoje por 2 sets a 0, com parciais de 6-0 e 6-4. Agora, a número 4 do mundo irá em busca da primeira conquista de Grand Slam.

"Encararei como um desafio. Será importante ir jogo a jogo, indo para a quadra e me divertindo em alguns grandes ambientes. Trabalhamos para Roland Garros e darei tudo de mim", disse a ucraniana.

Até hoje, no conjunto dos quatro principais torneios do circuito profissional (Aberto da Austrália, Wimbledon e US Open completam a lista), a campeã em Roma nunca foi além da segunda rodada, por isso, admite que há mais fatores do que o desempenho técnico.

"Há pressão por todos os lados e, você mesma, tem mais expectativas. Um Grand Slam é um Grand Slam, portanto, teria que estar mentalmente e fisicamente prota. Certamente, ainda mais do que em um torneio normal", afirmou Svitolina.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte