Topo

Esporte

Antes de vaias, Griezmann disse a jogadores que ficaria no Atlético

21/05/2018 17h37

Madri, 21 mai (EFE).- O atacante Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid, contou aos companheiros de time que ficará no clube na próxima temporada, antes de ser vaiado no jogo contra o Eibar, pela última rodada do Campeonato Espanhol, no domingo.

Griezmann disse em campo a seus companheiros de time - informação confirmada pelo próprio clube nesta segunda-feira - que permaneceria na equipe. Mas, logo depois, quando entrou para substituir Koke no início do segundo tempo, recebeu vaias de parte da torcida no estádio Wanda Metropolitano. Essa situação teria trazido de volta a incerteza sobre continuar ou não no clube.

As vaias, que foram respondidas por outro setor das arquibancadas com aplausos, afetaram visivelmente o francês quando ele entrou em campo, chegando até a chorar em alguns momentos. O francês foi consolado pelos companheiros de time, entre eles Fernando Torres e Juanfran. Griezmann chegou a pedir para ser substituído, mas a equipe já tinha atingido o limite de substituições.

Gabi, capitão do Atlético, mostrou o número sete com as mãos para a arquibancada (número da camisa de Griezmann no Atlético) para pedir apoio e incentivo ao atacante, assim como Diego Godín, que também pediu aplausos para o jogador.

Foi quando os 63 mil torcedores presentes no estádio passaram a apoiar o francês, que permaneceu no campo durante toda a homenagem de despedida para Fernando Torres.

Griezmann não compareceu ao jantar organizado no estádio após a partida, e o Atlético de Madrid não teve notícias dele desde então. A direção aguarda que o jogador confirme formalmente sua decisão de continuar no clube madrilenho.

"Vaiaram 50 ou 40 torcedores de 60 mil. O apoio para ele foi enorme. Nós gostamos muito de Griezmann. Sabemos que, se ficar, nós continuaremos a ser muito mais competitivos. Desejo que ele faça o que acredita ser melhor para seu crescimento. Aqui no clube e na torcida, tem apoio incondicional", afirmou o técnico Diego Simeone na entrevista coletiva pós-jogo.

Em quatro temporadas pelo Atlético, Griezmann marcou 112 gols em 209 partidas e foi decisivo na conquista da Liga Europa, na semana passada, em Lyon.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte