Topo

Esporte

"Tem que pressionar o Messi", diz técnico campeão pela Argentina em 1986

22/05/2018 19h46

Buenos Aires, 22 mai (EFE).- Um dia depois do anúncio da lista com os 23 convocados da Argentina para a Copa, o ex-técnico Carlos Bilardo, que dirigiu a 'Albiceleste' na conquista do título mundial de 1986, afirmou nesta terça-feira que Lionel Messi e seus companheiros precisam ser pressionados para terem sucesso na campanha na Rússia.

Bilardo disse em entrevista à rádio "FM La Patriada" que a seleção não deveria tratar Messi como um jogador a mais, mas sim exigir o máximo dele.

"Você tem que colocar pressão sobre eles. Tem que pressionar o Messi. Eles já são grandes, é isso. Quanto tempo eles vão esperar? Esses caras têm três, quatro anos mais (de carreira), nada mais. Depois, não se espera mais deles, já começam a dar quatro (de pontuação) nos jornais, cinco. A espera acabou", opinou.

Para o ex-técnico, a Argentina tem material para se empolgar com a possibilidade de conquistar a Copa do Mundo e destacou o fato de que vários dos jogadores da seleção atuam nas melhores equipes da Europa.

Depois, em entrevista a outra emissora argentina, a "Radio Villa Trinidad", Bilardo declarou que Messi, assim como todo mundo, "sempre tem o que aprender". "Aqueles que ganham prêmios Nobel continuam aprendendo, é um mau exemplo dizer o contrário", destacou.

O treinador campeão mundial de 1986 apontou seus favoritos para a Copa deste ano: Argentina, Alemanha e Brasil, e enfatizou que só a vitória interessa.

"O único resultado bom é sair campeão do mundo. Todo o resto não interessa. Para ser campeão, tem que ter todos juntos e unidos. Saber que é uma possibilidade única", finalizou.

Mais Esporte