Topo

Esporte

Fã de Zidane, Salah diz que disputar a final da Champions "já é um sonho"

25/05/2018 11h40

Londres, 25 mai (EFE).- O atacante egípcio Mohamed Salah, do Liverpool, revelou nesta sexta-feira que já considera um sonho ter a chance de disputar a final da Liga dos Campeões, na qual terá como adversário um ídolo da infância, o francês Zinedine Zidane, hoje técnico do Real Madrid.

"Conquistar a Champions seria algo muito especial. Jogar a final já é um sonho realizado. Todos na cidade de Liverpool e no clube estão muito emocionados", disse Salah, em entrevista publicada pelo site da Uefa.

Perguntado sobre os jogadores que idolatrava quando ainda não jogava profissionalmente, a sensação egípcia citou três nomes: Ronaldo "Fenômeno", o italiano Francesco Totti e o francês Zinedine Zidane.

"Totti, Ronaldo e Zidane. Os meus ídolos eram três jogadores que eram totalmente diferentes dos outros na forma de jogar", descreveu o atacante dos 'Reds'.

Artilheiro do Campeonato Inglês e eleito o melhor jogador do ano na Inglaterra, Salah é uma das maiores esperanças da equipe, que no sábado tentará conquistar o título do torneio continental pela sexta vez.

"O Real Madrid conquistou o título mais vezes que qualquer outra equipe e três deles chegaram nos últimos quatro anos, sabemos que eles têm muita experiência. Mas temos que estar concentrados e sem pensar em nada do passado. Na final seremos 11 contra 11", declarou Salah.

O egípcio também destacou a importância do técnico Jürgen Klopp, que conseguiu manter o Liverpool competitivo mesmo com a saída de Philippe Coutinho para o Barcelona no fim do ano passado.

"Fazemos sempre o que ele diz, mas o bom é que nos dá a liberdade que queremos para jogar o nosso futebol. Ele passa confiança aos jogadores para que façam o que queiserem nas partidas, isso e nos ajuda a sermos melhores. Essa é a força dele. Todos estamos com muita confiança e por isso marcamos tantos gols", contou.

Autor de 44 gols nesta temporada, Salah forma hoje um poderoso ataque com Roberto Firmino e o senegalês Sadio Mané. Esse já é o trio ofensivo mais goleador da história da Liga dos Campeões: o egípcio (com 10 gols), Firmino (10) e Mané (9) somam 29 gols e superaram por 28 marcados por Cristiano Ronaldo, Gareth Bale e Karim Benzema pelo Real Madrid na temporada 2013/2014.

"O mais importante para nós é ajudar a equipe a marcar gols, sem importar quem os marque. Ganhar partidas, somar pontos, isso é o que importa. Como dá para ver, marquei dez na Liga dos Campeões, assim como Firmino e um a mais que Mané, por isso nós três estamos praticamente empatados. Ninguém é egoísta, só queremos nos ajudar", garantiu Salah.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte