Topo

Esporte

Klopp vê Real como "relógio suíço", mas não acredita em favoritismo do rival

25/05/2018 15h17

Kiev, 25 mai (EFE).- O técnico Jürgen Klopp elogiou o comandante do Real Madrid, Zinedine Zidane, e afirmou que o rival do Liverpool na final da Liga dos Campeões "funciona como um relógio suíço", mas descartou o favoritsmo espanhol no jogo de amanhã, em Kiev.

"Muitas pessoas pensam que Zidane não tem conhecimentos táticos e opinam o mesmo sobre mim. É curioso que dois treinadores que não têm nem ideia de tática cheguem à decisão. Zidane é um dos cinco melhores jogadores de toda a história do futebol e pode ganhar pela terceira vez a 'Champions' como treinador, algo que nunca aconteceu. Infelizmente, tenho alguém brilhante diante de mim", disse o alemão.

Além de se desmanchar em elogios a Zidane, Klopp fez outros ao time espanhol.

"O Real Madrid funciona como um relógio suíço, pratica um futebol fantástico. Se organizam quando precisam e são caóticos quando a partida pede. Zidane foi um lutador por toda a vida e agora mostra irritação quando lhe dizem que sua equipe tem menos vontade que o Liverpool", afirmou.

Klopp preferiu evitar polêmicas sobre a decisão do atacante Mohamed Salah de fazer jejum durante o Ramadã, seguindo o preceito islâmico.

"A religião é algo privado, não há nada o que dizer. No treino, ele estará repleto de energia, e isso é o que importa para disputar uma final".

O alemão também acredita que ainda é cedo para colocar o egípcio no mesmo nível de Cristiano Ronaldo e Leo Messi.

"Salah fez uma temporada excepcional, mas Cristiano e Messi merecem todos os elogios porque mantêm o grande nível há muitos anos".

Sobre a decisão contra o Real Madrid, o técnico do Liverpool falou sobre os trunfos de cada equipe.

"Somos o time que marcou mais gols em uma edição do torneio, com resultados excepcionais. A experiência do Real Madrid é uma grande vantagem, mas ela nem sempre ajuda em um jogo específico. Não podemos jogar o jogo deles e precisamos reduzir a qualidade do Real ao nosso nível. O nosso ponto forte é o espírito que criamos esta temporada. Está 50 a 50", opinou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte