Topo

Esporte

Salah interromperá jejum do Ramadã por final da Champions

25/05/2018 10h58

Londres, 25 mai (EFE).- O atacante egípcio Mohamed Salah, destaque do Liverpool na atual temporada, interromperá o jejum do Ramadã, o mês sagrado para os muçulmanos, antes e durante a final da Liga dos Campeões contra o Real Madrid no sábado.

Diversos rumores apontaram nos últimos dias que Salah tinha rejeitado descumprir o jejum, mas o jogador decidiu fazer uma pausa para a partida em Kiev, segundo revelou um dos fisioterapeutas do clube.

O mês do Ramadã, que começou em 17 de maio e dura entre 28 e 29 dias, tem grande simbolismo para os muçulmanos, que se abstêm de comer, beber, fumar e manter relações sexuais, entre outras ações, desde a alvorada até o pôr do sol.

"Foi estabelecido com a nutricionista um plano para estes dias. Na sexta-feira e no dia da partida ele não fará (o jejum), por isso não afetá-lo. Depois da final ele retomará o jejum", informou o fisioterapeuta Rubén Pons em declarações à imprensa britânica.

Artilheiro do Campeonato Inglês e eleito o melhor jogador do ano na Inglaterra, Salah ainda não disputou um jogo oficial desde que começou o Ramadã, em 17 de maio. A última partida do Liverpool foi no dia 13 de maio, a goleada por 4 a 0 sobre o Brighton.

Salah é visto como um ídolo para todo o povo egípcio, sobretudo desde que marcou o gol que classificou a seleção nacional para a Copa do Mundo de 2018, após 28 anos de ausência no torneio.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte