Topo

Esporte

Messi admite que seleção argentina correrá por fora na Copa do Mundo

28/05/2018 12h42

Buenos Aires, 28 mai (EFE).- O atacante Lionel Messi afirmou nesta segunda-feira que, apesar de acreditar na Argentina, a seleção precisa ter calma na Copa do Mundo porque, atualmente, não é considerada uma das favoritas ao título.

"Temos jogadores com muita capacidade, com muita experiência, mas temos que ir com tranquilidade. Também não temos que passar a mensagem de que seremos campeões do mundo porque somos os melhores, porque a realidade é que não é bem assim ", admitiu o craque.

"Sendo sincero e justo, há muitas seleções, ou não muitas, mas algumas, melhores que nós. Temos que ser realistas e nós, com humildade, iremos em busca desse sonho", completou o camisa 10 mais badalado da atualidade.

Messi está em Buenos Aires com a seleção argentina para disputar um amistoso contra o Haiti nesta terça-feira. Durante entrevista para um programa da emissora argentina "Canal Trece", o capitão afirmou que o mais importante agora é "ir jogo a jogo" e manter o foco para vencer na estreia na Copa, contra a Islândia, no dia 16 de junho.

"Há alguns anos, ninguém esperava que a Islândia pudesse ser um rival difícil em campo, mas hoje é uma equipe capaz de complicar, como mostrou na última Eurocopa e nas Eliminatórias para o Mundial, quando se classificou em primeiro lugar no grupo", avaliou.

"É muito importante começar ganhando, pela tranquilidade que te daria depois para enfrentar os outros jogos, porque não é um grupo fácil. Mas, vamos brigar pelo melhor resultado sempre", acrescentou.

A Argentina está no grupo D da Copa do Mundo que tem, além da Islândia, a Croácia e a Nigéria. Depois da estreia, Messi e companhia terão pela frente os croatas, no dia 21 e os nigerianos, no dia 26 - equipe que, segundo o capitão argentino, "sempre dá trabalho".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte