Topo

Esporte


Toldo acredita em mais um ouro para o Brasil na esgrima em Cochabamba

30/05/2018 19h50

Cochabamba (Bolívia), 30 mai (EFE).- O esgrimista brasileiro Guilherme Amaral Toldo, que já conquistou uma medalha de ouro nos Jogos Sul-americanos de Cochabamba deste ano, afirmou nesta quarta-feira que acredita que a equipe brasileira da modalidade tem condições de voltar a subir no lugar mais alto do pódio do evento.

"Nos preparamos da melhor maneira possível para chegar com um nível técnico muito alto e conseguir o ouro. Foi para isso que viemos aqui", disse.

"Não digo que somos os melhores, porque obviamente sei que as outras equipes também se prepararam muito bem e são fortes, mas fizemos de tudo para alcançar um nível técnico muito bom. Temos a união do grupo, que é muito forte, suficiente para lutar até o final para conquistar a medalha de ouro", acrescentou.

Toldo, de 25 anos, nasceu em Porto Alegre e atualmente vive na Itália. O brasileiro conquistou duas medalhas de bronze nos Jogos Pan-americanos de Guadalajara, em 2011, e fez parte da equipe brasileira de esgrima que foi prata na edição de Toronto, em 2015.

Em Cochabamba, o esgrimista foi medalha de ouro no florete, na categoria masculina, na segunda-feira e voltará a competir nesta quinta, na disputa por equipes.

Além da medalha de ouro de Toldo, o Brasil também foi ouro no florete na disputa por equipes da categoria feminina, nesta quarta-feira.

Para Toldo, os bons resultados dos atletas brasileiros são consequência da preparação 24 horas por dia, focando na parte física, alimentação balanceada e períodos para descanso.

"Tudo isso é resultado de um trabalho longo, árduo, sempre pensando em alcançar os objetivos pelos quais estamos lutando. Agora é o momento de colher tudo o que suamos, tudo para o qual trabalhamos", concluiu.

Mais Esporte