Topo

Esporte

Farfán comemora liberação de Guerrero e dá boas-vindas ao companheiro

31/05/2018 18h18

Lima, 31 mai (EFE).- A notícia da liberação de Paolo Guerrero para disputar a Copa do Mundo foi muito comemorada pelo amigo Jefferson Farfán, com quem deverá formar o ataque da seleção peruana no torneio e que publicou nas redes sociais sobre a chance de jogarem juntos.

"Bem-vindo novamente, capitão. Sempre tive fé no meu irmão. Vocês não sabem a alegria que estou sentindo. Deus, só quero te agradecer por este belo momento e agradecer aos torcedores que sempre estiveram apoiando o meu irmão", escreveu Farfán no Instagram.

Principal destaque da seleção, Guerrero testou positivo para um dos princípios ativos da cocaína no final do ano passado, e pegou 12 meses de punição, inicialmente. Esta suspensão caiu para seis meses, mas a Corte Arbitral do Esporte (CAS) apelou e conseguiu aumentar a pena para 14 meses, o que tiraria o jogador do Flamengo da Copa.

Porém, em última instância, o Tribunal Federal da Suíça anunciou nesta quinta-feira que acatou um pedido de suspensão da pena, feito pela defesa do peruano, considerando "os prejuízos de todo o tipo que o recorrente, que já tem 34 anos, sofreria ao ser impedido de participar de uma competição que será a coroação de sua carreira como jogador".

Após a decisão do tribunal, Guerrero afirmou que "não há limites ou sonhos impossíveis", porque "está provado que quando os peruanos se unem, tudo é possível".

O Peru volta a uma Copa do Mundo após 36 anos e integra o grupo C do torneio na Rússia, ao lado de Austrália, Dinamarca e França.

Mais Esporte