Topo

Esporte

Griezmann mantém suspense: "Não é o momento de falar sobre meu futuro"

12/06/2018 13h19

Istra (Rússia), 12 jun (EFE).- O atacante francês Antoine Griezmann afirmou nesta terça-feira em entrevista coletiva que já decidiu em qual clube jogará após a Copa do Mundo, mas não quis revelar seu futuro durante a entrevista coletiva da seleção francesa.

"A decisão está tomada, mas não é o lugar nem o dia para dizer isso. Sinto muito, sei que havia muita expectativa, mas não é o momento de falar sobre o meu futuro", disse.

Griezmann, que atualmente pertence ao Atlético de Madrid, teria recebido uma boa oferta do Barcelona para a próxima temporada, mas não deve voltar a tocar no assunto antes do Mundial.

A seleção francesa está concentrada na cidade de Istra, a 60 quilômetros de Moscou, e o local ficou abarrotado de jornalistas após o anúncio de que o atacante seria o escolhido para a coletiva. Porém, antes do início da entrevista, Philippe Tounon, assessor de imprensa da equipe, avisou que Griezmann faria uma breve declaração, mas que, depois, não aceitaria perguntas que não fossem relacionadas à Copa.

A decisão veio depois que diversos veículos de imprensa franceses começaram a noticiar incansavelmente nos últimos dias como certa a permanência do jogador no Atlético. O atacante tem contrato com o clube até 2022 e uma cláusula de rescisão de 200 milhões de euros (cerca de R$ 871 milhões) que vale até o dia 1 de julho, quando o valor cairia pela metade.

Griezmann havia afirmado que definiria seu futuro antes da estreia da França na Copa do Mundo, no próximo sábado, mas, levando em consideração a data que muda o valor da multa rescisória, o anúncio se tornou pouco provável.

A questão envolvendo o futuro de Griezmann é recorrente na concentração francesa, mas, segundo os jogadores, não tem afetado em nada a equipe. O atacante vem se tornando o líder dessa seleção e, sob o comando do técnico Didier Deschamps, tem encontrado um ambiente tranquilo para treinar, rendendo bem dentro de campo, apesar do frenesi da imprensa.

"Parece fácil tomar decisões, mas é algo muito complicado. Faz três meses que estou assim. Mas estou tranquilo e concentrado na Copa do Mundo. Além disso estou feliz, que é o mais importante para mim", finalizou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte