Topo

Esporte

Após estreia complicada, Matuidi acredita em jogo mais aberto contra o Peru

18/06/2018 12h51

Moscou, 18 jun (EFE).- O meia Blaise Matuidi reconheceu nesta segunda-feira que a França foi pouco agressiva em sua estreia na Copa do Mundo, na vitória apertada sobre a Austrália, por 2 a 1, e que espera um jogo mais aberto contra o Peru, pela segunda rodada do grupo C.

"O problema contra a Austrália foi a dificuldade para encontrar espaços. Foi um rival bem organizado. Tínhamos que ter sido mais rápidos e também tivemos problema em pressionar. Mas cada partida é diferente, e contra o Peru, que será mais ofensivo, teremos mais espaços", garantiu o jogador da Juventus em entrevista coletiva.

"Está claro que temos que melhorar em muitas coisas, não fizemos um bom jogo contra a Austrália. Mas o importante é que ganhamos. Estou convencido de que, com o passar das partidas, vamos melhorar", completou o veterano de 31 anos.

Reserva na partida de estreia, Matuidi entrou no decorrer do jogo para ajudar o time a garantir os três pontos, e comentou sobre a função de liderança que exerce no elenco.

"Tenho que falar com os jogadores, ser o porta-voz do técnico no grupo. Tenho que assumir mais esse papel, o importante é o coletivo", explicou o volante.

Sobre a possibilidade de continuar no banco de reservas no duelo com os peruanos, o meia afirmou que, embora não seja o que gostaria, torcerá pelos companheiros de qualquer forma.

"Aceito o que o treinador decidir. Certamente você fica decepcionado quando não é titular, somos competitivos. Mas só 11 jogam, e o restante tem que apoiar. No final, todos ganhamos", disse o camisa 14.

Mais Esporte