Topo

Esporte

Inspirada em goleada aplicada em 2014, Colômbia reencontra Japão na Copa

18/06/2018 08h22

Saransk (Rússia), 18 jun (EFE).- Após a Colômbia golear o Japão na fase de grupos da Copa do Mundo 2014, as duas seleções voltam a se enfrentar logo na primeira rodada da edição russa do torneio, nesta terça-feira às 9h (horário de Brasília), na Mordovia Arena, em Saransk, com os sul-americanos em busca de repetir o grande desempenho.

Desde 2012, o técnico José Pekerman tenta utilizar a base sólida construída para ter tanto sucesso quanto no Brasil, quando os colombianos foram eliminados apenas nas quartas de final, para os donos da casa, e o primeiro desafio na Rússia será contra a mesma equipe que golearam por 4 a 1 há quatro anos.

Artilheiro da competição em 2014, o meia e camisa 10 James Rodríguez continua sendo o grande destaque da equipe, que tem outros trunfos, como o zagueiro Christian Zapata, o meia-atacante Juan Cuadrado e o atacante Falcao García, que sofreu o drama de ser cortado por lesão às vésperas da última Copa e vive a expectativa de dar a volta por cima desta vez.

Avesso a revelar escalações antes da divulgação oficial, o argentino Pekerman deixou dúvidas quanto ao time que vai para a estreia da Colômbia. A principal delas é na zaga, com a dúvida entre o ex-Palmeiras Yerry Mina e Davinson Sánchez para formar dupla com o experiente Zapata.

As dúvidas com relação ao Japão, no entanto, são muito maiores. Dois meses antes do torneio, a federação japonesa alterou o técnico, trocando o bósnio Vahid Halilhodzic por Akira Nishino. A equipe segue sem apresentar identidade nem estrutura. Perdeu dois dos três amistosos antes da Copa do Mundo, contra Gana e Suíça, apesar de ter vencido o último, contra o Paraguai.

Sem nunca ter superado as oitavas de final no Mundial, o Japão depende do atacante Shinji Okazaki, mas ele não deve jogar na primeira partida por conta de problemas musculares.

"As outras três seleções do nosso grupo são muito fortes (Colômbia, Senegal e Polônia). Temos que estar fortes desde o início do torneio e conseguir pelo menos um ponto na nossa estreia contra a Colômbia. É um jogo mais que importante para nós", comentou o jogador do Leicester, principal desfalque do Japão.

A responsabilidade no comando do ataque recairá sobre o reserva Yuya Osako, do Colônia. Ele será auxiliado por outros três pilares nipônicos, os experientes Yuto Nagatomo, Shinji Kagawa e Makoto Hasebe.



Prováveis escalações:.

Colômbia: David Ospina; Santiago Arias, Christian Zapata, Davinson Sánchez (Yerry Mina) e Johan Mojica; Abel Aguilar, Carlos Sánchez, Juan Cuadrado, James Rodríguez e Luis Muriel; e Falcao García. Técnico: José Pekerman.

Japão: Elji Kawashima; Gotoku Sakai, Maya Yoshida, Tomoaki Makino e Yuto Nagatomo; Makoto Hasebe, Hotaru Yamaguchi, Genki Haraguchi, Shinji Kagawa e Tashaki Inui; Yuya Osako. Técnico: Akira Nishino.

Árbitro: Damir Skomina (ESL), auxiliado pelos compatriotas Jure Praprotnik e Robert Vukan.

Estádio: Mordovia Arena, em Saransk.

Mais Esporte