Topo

Esporte

Técnico campeão da Copa de 1986 recebe alta após cirurgia no cérebro

AP Photo/Ricardo Mazalan
Carlos Bilardo quando era treinador da seleção da Argentina Imagem: AP Photo/Ricardo Mazalan

19/06/2018 15h48

Buenos Aires, 19 jun (EFE).- Carlos Bilardo, técnico campeão do mundo com a Argentina na Copa de 1986, recebeu alta nesta terça-feira (19) após ser submetido a uma cirurgia no cérebro no último dia 6 por ter sido diagnosticado com síndrome de Hakim-Adams (hidrocefalia de pressão normal), informou a agência de notícias "Télam".

Em fotos divulgadas em redes sociais, o ex-treinador, de 79 anos, aparece sorridente em uma cadeira de rodas enquanto deixava o hospital. "O paciente foi internado com acúmulo de líquido cefalorraquidiano na cavidade craniana, que foi drenado por meio de uma válvula de derivação ventrículo-peritoneal", disse o neurocirurgião que o operou, Pedro Lylyk, no último dia 7.

A síndrome de Hakim-Adams é diagnosticada em cinco de cada 100 mil pessoas, segundo o médico, que também apontou que a síndrome costuma ser difícil de diagnosticar porque começa a se manifestar com "transtornos muito inespecíficos", como a demência, transtorno no caminhar ou incontinência urinária.

O irmão de Bilardo, Jorge, afirmou em 8 de junho que o treinador "quase morreu" porque no primeiro hospital para onde foi levado recebeu uma medicação à qual é alérgico.

"Ele teve um pico de pressão e alergia na língua. Não conseguia comer ou engolir. Não morreu por sorte", contou Jorge Bilardo à rádio "El Mundo".

Carlos Bilardo, que também é ginecologista, foi técnico da Argentina de 1982 a 1990, sendo também vice-campeão da Copa de 1990, na Itália.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte