Topo

Esporte

Neymar deixa treino da seleção com dores no tornozelo direito

19/06/2018 13h13

(Atualiza com mais informações).

Sochi (Rússia), 19 jun (EFE).- O atacante Neymar deixou o treino realizado pela seleção brasileira nesta terça-feira, em Sochi, com dores no tornozelo direito, no mesmo pé operado por ele após a lesão no quinto metatarso que o tirou da parte final da temporada.

O alerta foi minimizado pela assessoria de imprensa da CBF, que informou que Neymar sentiu dores no tornozelo, não na região operada, e será poupado para fazer um trabalho de recuperação.

O problema ocorreu nos primeiros minutos da atividade realizada hoje. Neymar participava de uma roda de bobinho com Willian, Paulinho, Thiago Silva, Philippe Coutinho e Miranda, quando, lentamente, começou a se abaixar para tocar a região dolorida.

O jogador tocou na bola com dificuldade algumas vezes e se afastou do grupo, deixando o gramado acompanhado do fisioterapeuta da seleção, Rodrigo Mazziotti.

Pouco depois, a assessoria de imprensa da CBF divulgou uma nota assinada pelo médico da seleção, Rodrigo Lasmar, na qual ele afirma que Neymar sente dores no tornozelo provocadas pelas pancadas sofridas pelo jogador no empate contra a Suíça, por 1 a 1.

Segundo Lasmar, Neymar será poupado da sequência da atividade e realizará um trabalho especial sob a coordenação de Mazziotti. O atacante deverá treinar normalmente amanhã.

Neymar foi o jogador mais visado do Brasil durante o empate contra a Suíça, por 1 a 1, na estreia dos comandados de Tite no Mundial. O craque recebeu dez faltas, o maior número em um único jogo desde 1986, quando Diego Maradona foi atingido 12 vezes pelos sul-coreanos na vitória da 'Albiceleste' por 3 a 1.

O Brasil enfrenta a Costa Rica, às 9h de sexta-feira (horário de Brasília), no Estádio Krestovsky, em São Petersburgo.

Mais Esporte