Topo

Esporte

Após vitória apertada na estreia, Dinamarca busca classificação antecipada

20/06/2018 07h30

Moscou, 20 jun (EFE).- Depois de ter obtido uma vitória apertada e fundamental sobre o Peru na primeira rodada, no último sábado, a Dinamarca já mira a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo e para isso precisará vencer a Austrália nesta quinta-feira na Cosmos Arena, em Samara.

O triunfo sobre a equipe sul-americana abriu o grupo C para os dinamarqueses, que não avançam ao mata-mata de uma Copa desde a derrota para a Inglaterra por 3 a 0 nas oitavas de 2002. Desde então, disputou o Mundial apenas mais uma vez, em 2010, mas caiu precocemente.

Agora, a equipe dirigida por Age Hareide tem a chance de se garantir na segunda já nesta quinta, desde que vença os australianos, que iniciaram a campanha perderam para a França por 2 a 1, e ainda contar que os 'Bleus' não sejam derrotados pelos peruanos.

Os números favorecem a Dinamarca, que não perde há 16 partidas, com nove vitórias no período. Além disso, a representante europeia foi ao mata-mata em três de suas quatro participações na Copa, com destaque para o duro confronto com o Brasil nas quartas de 1998, em que perdeu por 3 a 2. Já a Austrália se classificou apenas uma vez em quatro participações, sendo eliminada pela Itália nas oitavas.

Os 'Socceroos', no entanto, não serão uma presa fácil. Os campeões da última Copa da Ásia levaram dificuldade aos franceses, que só balançaram a rede porque o VAR marcou um pênalti que o árbitro de campo havia ignorado e porque depois a tecnologia de linha do gol mostrou que a bola entrou por centímetros em chute do meia Pogba que desviou na zaga.

Para evitar uma eliminação precoce, a seleção australiana precisa ao menos de um empate ou, em caso de revés, precisará que o Peru supere a França em Ecaterimburgo.

Hareide não poderá contar com o volante William Kvist, que fraturou duas costelas na estreia, mas já conta novamente com o lateral Jonas Knudsen, que ganhou as manchetes dos jornais por ter viajado para ver a filha recém-nascida graças a uma "vaquinha" feita pelos companheiros de seleção.

Na Austrália, o técnico Bert van Marwijk provavelmente fará apenas uma alteração em relação ao primeiro jogo, uma troca de centroavantes por opção técnica. Juric, que tem mais presença de área, entraria na vaga de Nabbout, de maior mobilidade.



Prováveis escalações:.

Dinamarca: Schmeichel; Stryger Larsen, Christensen, Kjaer e Dalsgaard; Schone, Delaney e Eriksen; Sisto, Poulsen e Jorgensen. Técnico: Age Hareide.

Austrália: Ryan; Risdon, Milligan, Sainsbury e Behich; Mooy, Jedinak, Rogic, Leckie e Kruse; Juric. Técnico: Bert van Marwijk.

Árbitro: Antonio Mateu Lahoz (Espanha), auxiliado pelos compatriotas Pau Cebrian Devís e Roberto Díaz Perez.

Estádio: Cosmos Arena, em Samara.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte