Topo

Esporte

França mira vitória contra o Peru para encaminhar vaga para as oitavas

20/06/2018 07h45

Ecaterimburgo (Rússia), 20 jun (EFE).- A França entrará em campo nesta quinta-feira, às 12h (de Brasília), em Ecaterimburgo, para enfrentar o Peru pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo e irá em busca de uma vitória para encaminhar a vaga para oitavas de final.

Após o triunfo suado sobre a Austrália na estreia, os franceses podem entrar em campo dependendo apenas dos três pontos para já sacramentar a classificação. Esta situação será possível se, no jogo imediatamente antes, a Dinamarca não perder para os 'Socceroos'.

Depois da atuação ruim no primeiro jogo, o técnico Didier Deschamps deve promover mudanças no time titular. É praticamente certo que o jovem meia Corentin Tolisso abrirá espaço para Blaise Matuidi, que melhorou o desempenho do time ao entrar durante a última partida. Mas essa não deve ser a única troca.

O trio ofensivo não rendeu como o esperado, e o atacante Ousmane Dembelé não deverá começar jogando. A tendência é que Olivier Giroud comande o ataque ao lado de Griezmann e Mbappé, como aconteceu nos amistosos.

Depois do pênalti infantil cometido na estreia, Samuel Umtiti se mantém na equipe, mas vai ser observado de perto pelo treinador e não poderá cometer mais nenhuma falha se quiser seguir na defesa francesa para o resto da competição.

Se de um lado, os 'Bleus' venceram sem convencer, do outro os peruanos perderam jogando bem. Mas isso não serve de consolo olhando pelo lado da classificação do grupo C, já que o time sul-americano pode ser eliminado precocemente do torneio em caso de novo revés.

A vitória contra os campeões mundiais de 1998 é o único caminho para manter o Peru em boas condições, pois a equipe não quer uma campanha apagada após ficar 36 anos sem conseguir disputar a Copa do Mundo. Dependendo do placar entre Dinamarca e Austrália, até uma derrota para os franceses poderiam manter as possibilidades matemáticas, mas dependeriam de uma combinação de resultados na última rodada.

Desta forma, não existe mais tempo para Paolo Guerrero chegar à melhor condição física. Depois de entrar na parte final do duelo com a Austrália e protagonizar boas chances, o atacante do Flamengo será titular e terá a obrigação de mostrar o motivo de ser o maior artilheiro da história da sua seleção.

Disposição não vai faltar, já que, aos 34 anos, esta deve ser a última e única Copa do jogador, que lutou até o último segundo para disputar o torneio, após ser suspenso por doping e conseguir a liberação em um tribunal não-esportivo.

Além desta mudança promovida por Ricardo Gareca, o volante Renato Tapia também pode não jogar por lesão, depois de se chocar contra um jogador dinamarquês na estreia. Pedro Aquino aparece como opção para o time, que pretende promover mais uma surpresa na disputa, após uma rodada inaugural com resultados que desafiaram a expectativa dos especialistas e torcedores.



Prováveis escalações:.

França: Lloris; Pavard, Varane, Umtiti e Hernández; Matuidi, Kanté e Pogba; Mbappé, Griezmann e Giroud. Técnico: Didier Deschamps.

Peru: Gallese; Advíncula, Ramos, Rodríguez, Trauco; Flores (Aquino), Yotún; Carrillo, Cuevas, Farfán; Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.

Árbitro: Mohammed Abdullah Hassan (EAU), auxiliado pelos compatriotas Mohamed Al-Hammadi e Hasan Al-Mahri.

Estádio Central, em Ecaterimburgo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte