Topo

Esporte

Klose crê em reação alemã: "jogamos nossas melhores partidas sob pressão"

21/06/2018 13h24

Sochi (Rússia), 21 jun (EFE).- Maior artilheiro da história das Copas do Mundo, o ex-atacante Miroslav Klose admitiu nesta quinta-feira que a Alemanha pode mudar sua estratégia em campo e fazer substituições para o jogo contra a Suécia, além de garantir que a pressão após a derrota para o México na estreia não afetará o desempenho da 'Mannschaft'.

"Jogamos nossas melhores partidas sob pressão, a equipe sabe responder às dificuldades. Estou muito otimista para o sábado, mas todos precisam dar o seu máximo agora", disse.

O ex-jogador, de 40 anos, é um dos auxiliares de Joachim Löw e o responsável por preparar os atacantes da seleção alemã. Durante a entrevista coletiva desta quinta, ele ressaltou que o técnico tem um bom elenco à disposição e pode fazer alterações para a próxima partida, mas disse que acredita que uma mudança no estilo de jogo seria fundamental.

"Temos muitos jogadores que não entraram e que estão com fome, ansiosos para jogar. Precisamos ter mais velocidade nas laterais e, para isso, precisamos dos jogadores que fazem essas corridas, que nem sempre vão para a bola, mas que procuram abrir o jogo e criar espaços para os outros companheiros", explicou.

O maior artilheiro das Copas, com 16 gols, lamentou as críticas que a Alemanha recebeu após a derrota na estreia e lembrou que outras seleções com tradição e candidatas ao título também não tiveram um bom começo na Rússia.

"Somos nós que estamos sendo caçados, mas outras grandes seleções também têm problemas. Todos querem ganhar da Alemanha, porque é a atual campeã", opinou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte