Topo

Esporte

Matthäus pede Gündogan, Reus e Mario Gómez no time titular da Alemanha

21/06/2018 05h54

Berlim, (EFE).- Capitão da seleção alemã na conquista do título mundial em 1990, na Itália, Lothar Matthäus considera que o técnico Joachim Löw deveria fazer algumas alterações na 'Mannschaft' para a partida contra a Suécia, neste sábado, após a estreia na Copa com derrota para o México por 1 a 0 no último domingo.

Em artigo publicado nesta quinta-feira pelo jornal "Bild", Matthäus argumenta que um dos problemas na derrota no primeiro jogo foi a marcação pesada sobre Toni Kroos, ocorrida, segundo ele, porque faltou força ao meio-campo alemão.

Por isso, o ex-jogador acredita que Ilkay Gündogan deveria entrar na equipe em lugar de Sami Khedira para, ao lado de Kroos, ser uma alternativa de criação. Além disso, ele quer ver Marco Reus entre os titulares na vaga de Mesut Özil.

Na visão do ex-técnico do Atlético-PR, um trio formado por Thomas Müller, Reus e Julian Draxler proporcionaria certa flexibilidade ao time, porque os três têm maior mobilidade.

No ataque, Matthäus prefere Mario Gómez a Timo Werner por acreditar que os suecos darão poucos espaços para que o jogador do RB Leipzig explore a sua velocidade. Já o centroavante do Stuttgart poderia contribuir com sua força física.

Na defesa, Matthäus se pronunciou a favor de uma mudança esperada, o retorno de Jonas Hector, que se recuperou de problemas físicos, à lateral esquerda. Dessa forma, Marvin Plattenhardt iria para o banco.

Outra mudança especulada pela imprensa alemã é a utilização de um esquema com três zagueiros para dar mais liberdade a Hector e Joshua Kimmich. Caso isso se confirme, Khedirá sairá para a entrada de Niklas Süle ou Mathias Ginter.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte