Topo

Esporte

Números do gol do século impressionam: 60 metros, 10 segundos e 5 adversários

22/06/2018 07h41

Moscou, 22 jun (EFE).- Exatamente 32 anos depois, o segundo gol marcado por Diego Maradona na vitória da Argentina sobre a Inglaterra por 2 a 1, pelas quartas de final da Copa do Mundo, continua assombrando os fãs de futebol.

Presenciado por 114.580 espectadores ao vivo no estádio Azteca, o chamado "gol do século" é um primor de habilidade e velocidade, no qual 'El Pibe' percorre quase 60 metros em dez segundos e marca após deixar pelo caminho cinco adversário, um deles driblado duas vezes.

O capitão argentino, que quatro minutos antes tinha aberto o placar com a ajuda da "mão de Deus", recebeu a bola de Héctor Enrique, aos dez do segundo tempo, passou por Peter Beardsley, Peter Reid, Terry Butcher, Terry Fenwick, o goleiro Peter Shilton e Butcher novamente antes de tocar para o gol vazio.

O lance acrescentou um novo adjetivo ao dicionário do futebol: a cada vez que um jogador faz fila na defesa adversária atré ir às redes, se diz que ele marcou um "gol maradoniano".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte