Topo

Esporte

Polícia Federal prende foragido em estádio que Brasil venceu Costa Rica

22/06/2018 19h47

Redação Central, 22 jun (EFE).- A Polícia Federal divulgou nesta sexta-feira ter prendido um foragido da justiça brasileira, no estádio Krestovsky, em São Petersburgo, na Rússia, onde a seleção pentacampeã mundial bateu Costa Rica por 2 a 0, pelo grupo E da Copa do Mundo.

"O homem, de 31 anos, teve o mandado de prisão preventiva decretado pela 1° Vara Federal Criminal do Espírito Santo pela suspeita de participação no roubo de uma agência dos Correios no município de Itarana (ES), em 22 de março de 2017", aponta a nota publicada no site da corporação.

O cidadão brasileiro, que não teve a identidade divulgada, segundo a PF, utilizava um passaporte italiano quando foi preso. O foragido havia sido incluído pela na lista de procurados pela Interpol, o que possibilitou a prisão na Rússia.

De acordo com o comunicado, "as investigações da PF apontaram que o preso participou do assalto, juntamente com outros dois homens, tendo ameaçado funcionários e clientes com uma arma de fogo". Ao todo, R$ 26 mil foram levados dos cofres da agência pelo grupo, que já havia tentado roubar, no mesmo dia, a agência dos Correios da cidade de João Neiva, também no Espírito Santo.

A prisão do foragido no estádio Krestovsky foi feita por policiais federais, enviados para o Centro Internacional de Cooperação Policial (CICP), em Moscou, para atuar nos estádios durante os jogos do Brasil, além de auxiliar nas ocorrências envolvendo cidadãos brasileiros.

Mais Esporte