Topo

Esporte

Polícia Federal prende foragido em estádio que Brasil venceu Costa Rica

22/06/2018 19h47

Redação Central, 22 jun (EFE).- A Polícia Federal divulgou nesta sexta-feira ter prendido um foragido da justiça brasileira, no estádio Krestovsky, em São Petersburgo, na Rússia, onde a seleção pentacampeã mundial bateu Costa Rica por 2 a 0, pelo grupo E da Copa do Mundo.

"O homem, de 31 anos, teve o mandado de prisão preventiva decretado pela 1° Vara Federal Criminal do Espírito Santo pela suspeita de participação no roubo de uma agência dos Correios no município de Itarana (ES), em 22 de março de 2017", aponta a nota publicada no site da corporação.

O cidadão brasileiro, que não teve a identidade divulgada, segundo a PF, utilizava um passaporte italiano quando foi preso. O foragido havia sido incluído pela na lista de procurados pela Interpol, o que possibilitou a prisão na Rússia.

De acordo com o comunicado, "as investigações da PF apontaram que o preso participou do assalto, juntamente com outros dois homens, tendo ameaçado funcionários e clientes com uma arma de fogo". Ao todo, R$ 26 mil foram levados dos cofres da agência pelo grupo, que já havia tentado roubar, no mesmo dia, a agência dos Correios da cidade de João Neiva, também no Espírito Santo.

A prisão do foragido no estádio Krestovsky foi feita por policiais federais, enviados para o Centro Internacional de Cooperação Policial (CICP), em Moscou, para atuar nos estádios durante os jogos do Brasil, além de auxiliar nas ocorrências envolvendo cidadãos brasileiros.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte