Topo

Esporte

Zagueiro usa Argentina como exemplo para alertar Portugal em jogo decisivo

22/06/2018 08h03

Moscou, 22 jun (EFE).- O zagueiro Jose Fonte pediu nesta sexta-feira que Portugal tome todo o cuidado possível na última rodada da primeira fase da Copa do Mundo, tomando como exemplo a derrota da Argentina para a Croácia por 3 a 0, que deixou os sul-americanos em situação complicada no torneio.

"O fato de a Argentina ter perdido para a Croácia e se encontrar em dificuldades nos diz muito. Mostra como uma Copa é difícil. Todas as seleções que estão aqui têm muita qualidade e não existem partidas fáceis", comentou o defensor.

A bicampeã mundial soma apenas um ponto no grupo D da Copa e precisará vencer a Nigéria na próxima terça-feira, além de precisar de uma combinação de resultados. Já Portugal divide a liderança do grupo B com a Espanha, com quatro pontos cada e na próxima segunda precisará ao menos de um empate com o Irã, terceiro colocado, com três. Apesar da vantagem da igualdade, Fonte declarou que o time europeu não pode bobear no confronto, nem se sentir favorito no torneio.

"Isso se demonstra em campo. Temos sempre a responsabilidade de jogar para ganhar", afirmou o jogador do Dalian Aerbin, da China.

O camisa 6 de Portugal falou também sobre o desempenho na vitória sobre o Marrocos por 1 a 0 na última quarta, considerado abaixo do esperado, e reconheceu que a uma certa "cristianodependência" na campeã europeia de 2016.

"Poderíamos ter jogado melhor e com maior controle do jogo diante de Marrocos, mas é preciso dar crédito e mérito aos outros times que lutam pela sobrevivência e têm as suas qualidades. Queremos fazer o melhor, mas sem desesperos", destacou o zagueiro de 34 anos. "É óbvio que Ronaldo tem um peso grande em nossa equipe, mas ele teria esta condição em qualquer uma", completou.

Mais Esporte