Topo

Esporte

Atacante australiano revela ameaças a companheiro por atuações ruins na Copa

23/06/2018 09h21

Kazan (Rússia), 23 jun (EFE).- O atacante australiano Mathew Leckie revelou neste sábado que um de seus companheiros de ataque na seleção, Robbie Kruse, foi ameaçado por torcedores que criticam o desempenho do jogador na Copa do Mundo.

Kruse foi alvo de ameaças nas redes sociais depois de desperdiçar algumas oportunidades pelo setor ofensivo da Austrália nas duas partidas da seleção do país pelo grupo B do Mundial: a derrota para a França, por 2 a 1, e o empate contra a Dinamarca, por 1 a 1.

"Não é aceitável que nossa própria gente, que os australianos, estejam o ameaçando. Espero que deixem de fazer isso. Não é certo que nenhum jogador tenha que sofrer com isso", afirmou Leckie.

"Ele faz coisas no campo que nos ajudam muito. Essa crítica não é justa", ressaltou o companheiro de Kruse no ataque.

O volante Mark Milligan também falou sobre o caso. Os pais do jogador foram obrigados a fechar suas contas no Facebook pelas ameaças recebidas. "Muita gente esquece que é só um jogo", criticou.

"É muito triste. Esquecem que estamos fazendo tudo o que podemos para representar nossas famílias e nosso país", destacou.

"É decepcionante que as pessoas pensem que estamos tão mal. Tentamos sempre dar o melhor de nós. Embora todos tenham direito a dar suas opiniões, ninguém gosta que cheguem tão longe", completou.

Titular nos dois jogos da Austrália na Copa do Mundo, Kruse, de 29 anos, já jogou 66 vezes com a camisa da seleção.

Apesar de ainda não ter vencido no Mundial, a Austrália ainda tem chances de classificação. A seleção precisa vencer o Peru, já eliminado, e torcer para que a Dinamarca perca para a França para avançar às oitavas de final da competição.

Mais Esporte