Topo

Esporte

Presidente da AFA reafirma compromisso da Argentina e critica imprensa

24/06/2018 11h25

Bronnitsy (Rússia), 24 jun (EFE).- O presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), Claudio Tapia, fez um pronunciamento neste domingo, durante a entrevista coletiva pós-treino em Bronnitsy, criticando a imprensa de seu país e reafirmando o compromisso da seleção com a torcida para conquistar a vaga nas oitavas de final no próximo jogo, contra a Nigéria, na terça-feira.

"Temos trabalhado, temos nos reunido, como deve ser. Os torcedores são os únicos que não tem as más intenções que têm muitos dos que estão aqui, que prejudicam a imagem deste grupo", afirmou.

Tapia confirmou que dirigentes, treinadores e jogadores se reuniram depois da vitória da Nigéria sobre a Islândia por 2 a 0, na última sexta-feira, resultado que manteve viva a possibilidade de classificação da Argentina para as oitavas de final.

"Nós tivemos uma reunião e o que aconteceu depois é por conta de vocês. Vocês são o quarto poder, mas existem diferentes maneiras de exercê-lo. Não se esqueçam que são comunicadores. Eu me lembro que antes o jornalismo falava dos times, de como jogava cada atleta. Muitos de vocês têm três, quatro ou cinco Copas do Mundo trabalhando graças a eles", afirmou.

O presidente da AFA reiterou a sua confiança em Jorge Sampaoli e negou as informações divulgadas pela imprensa argentina de que os jogadores teriam pedido a demissão do treinador.

"Vocês viram que a comissão técnica está trabalhando e que o grupo está treinando. O que publicaram os senhores é mentira. Entendemos que vocês morrem para dar furos, mas quero pedir que neste momento apoiem nossa seleção, que não morram para adiantar uma escalação porque isso é dar vantagem aos adversários", acrescentou.

Tapia reforçou o compromisso com os torcedores argentinos e disse que a seleção vai em busca do resultado no último jogo da fase de grupos.

"Temos um compromisso com todos os torcedores da seleção, que choram, sofrem com os resultados adversos. E queremos dizer que temos o sonho de conseguir essa classificação para eles", concluiu.

Para conseguir a classificação para a próxima fase, a Argentina, que atualmente é a lanterna do grupo D com apenas um ponto, precisa vencer a Nigéria e torcer para que a Islândia não vença a Croácia. Uma vitória dos islandeses deixaria as duas equipes com quatro pontos e poderia complicar a classificação argentina, que dependeria do saldo de gols.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte