Topo

Esporte

Eriksen aposta no trabalho da equipe para garantir a liderança do grupo C

25/06/2018 13h50

Moscou, 25 jun (EFE).- O meia Christian Eriksen garantiu nesta segunda-feira que o objetivo da seleção da Dinamarca é terminar a fase de grupos da Copa do Mundo como líder de sua chave, e aposta no trabalho da equipe dinamarquesa para superar a França na partida da última rodada, amanhã, em Moscou.

"A França quer terminar em primeiro, mas nós também, e não é algo impossível. É a minha terceira Copa. Na primeira, vim como aprendiz, na segunda não fui muito bem e, se agora passarmos às oitavas, será extraordinário", disse o jogador do Tottenham em entrevista coletiva prévia ao duelo.

Também presente à entrevista, o técnico Age Hareide destacou a importância de Eriksen para os dinamarqueses neste Mundial.

"É um dos nossos destaques, sem dúvida. Ele conseguiu nos ajudar a chegar aqui com a partida que fez em Dublin. É modesto, adora futebol. Quanto mais joga, mais feliz fica. Tem uma grande influência entre os jogadores mais jovens, que se inspiram nele", avaliou.

O meia, que tem um gol e uma assistência nesta Copa, preferiu ressaltar o trabalho da equipe, e disse acreditar que as individualidades devem ficar de lado.

"Queremos fazer o melhor, esperamos deixar a nossa marca por termos feito uma boa Copa do Mundo. Não importam as individualidades, importa que a equipe trabalhe junto para conseguir chegar às oitavas", afirmou.

França e Dinamarca se enfrentarão nesta terça-feira, às 11h (horário de Brasília), no Estádio Luzhniki, em Moscou. Os franceses lideram o grupo C, com seis pontos, seguidos pelos dinamarqueses, com quatro. A seleção da Austrália, que ainda tem chances de se classificar e jogará contra o Peru em Sochi, no mesmo horário, é a terceira do grupo, com quatro pontos. Os peruanos, já eliminados, continuam na lanterna, sem pontuar.

Mais Esporte