Topo

Esporte


Melhor em campo, Quaresma ignora feito individual e celebra classificação

25/06/2018 20h04

Saransk (Rússia), 25 jun (EFE).- O meia-atacante Ricardo Quaresma, eleito o melhor jogador em campo no empate entre Portugal e Irã em 2 a 2, pela última rodada do grupo B da Copa do Mundo, minimizou o feito individual, para exaltar a ida às oitavas de final.

"Tive sorte de marcar. Já fiz outros gols assim, foi um grande gol. O importante, no entanto, era nosso objetivo, com a classificação às oitavas", afirmou o jogador do Besiktas, que balançou as redes pela primeira vez na competição.

Logo depois da vitória, Quaresma preferiu não falar sobre o Uruguai, adversário dos portugueses nas oitavas de final.

"Vamos jogo a jogo. Tivemos momentos de bom jogo e ocasiões para marcar mais gols. Agora, é preciso se recuperar para pensar adiante. Precisamos manter essa mentalidade vencedora", disse.

"O Uruguai é uma grande seleção, com grandes jogadores, mas, o mais importantes é nos prepararmos bem", completou o meia-atacante.

Mais Esporte