Topo

Esporte

Sampaoli promete recomeço da seleção argentina na Copa do Mundo

25/06/2018 14h58

São Petersburgo (Rússia), 25 jun (EFE).- O técnico Jorge Sampaoli mostrou confiança na seleção argentina, nesta terça-feira, durante entrevista coletiva, garantindo que o resultado positivo no duelo com a Nigéria, pela última rodada do grupo D da Copa do Mundo, será o início de uma virada na campanha ruim dos atuais vice-campeões.

"Temos que fazer um jogo de muito coração, de muita cabeça. Amanhã, a Argentina vai começar de novo no Mundial, com essa necessidade de ganhar. Temos que vencer cinco jogos para chegar à final. Amanhã será o primeiro", disse o comandante da 'Albiceleste'.

Com um ponto, a Argentina está na lanterna da chave, já que tem pior saldo de gols que os islandeses. Sendo assim, a vitória contra a Nigéria, que tem três pontos, é a única saída, embora não garanta classificação automática.

Além do resultado positivo, será preciso torcer para que a Croácia não perca para a Islândia. Caso os nórdicos levem a melhor no duelo europeu e haja empate, a diferença entre os gols marcados e sofridos será o primeiro critério, seguido pelo número de vezes que a rede é balançada.

"Posso dizer é que tenho confiança e segurança de que a Argentina, amanhã, começará a viver esse Mundial de outra forma. Vamos com tudo o que temos para garantir a classificação", garantiu o comandante.

Sampaoli minimizou as notícias publicadas no país-natal nos últimos dias, sobre a demissão ainda antes do terceiro jogo, de motim do elenco contra ele, brigas no vestiário, entre outras.

"Eu não posso falar sobre coisas que desconheço ou que não existem. Estive no comando na derrota, o que me obriga a ganhar amanhã. Estou convencido que a equipe entrará em campo com muita energia, para conseguir isso", disse o treinador.

Questionado sobre a pouca participação de Lionel Messi nas partidas, admitiu que isso aconteceu por causa da forma com que a equipe atuou.

"Acho que tocou menos na bola porque a Argentina não teve tantas chances de gol, ou de domínio, como contra a Islândia. Isso, buscamos melhorar agora", explicou o técnico.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte