Topo

Esporte

Tite aposta que Neymar seguirá evoluindo ao longo da Copa do Mundo

26/06/2018 13h04

Moscou, 26 jun (EFE).- O técnico da seleção brasileira, Tite, minimizou nesta terça-feira as preocupações quanto ao estado do atacante Neymar, garantindo que o camisa 10 se encontra em estágio normal de evolução, como deverá ser visto amanhã, em duelo com a Sérvia, pela última rodada do grupo E da Copa do Mundo.

"O Neymar só está nesse estágio de recuperação porque é bem dotado fisicamente, fora dos padrões normais. Talvez, com mais um jogo, ele estará na plenitude", disse o comandante, em entrevista coletiva concedida em Moscou.

Tite, inclusive, lembrou o alerta que lançou depois de amistoso com a seleção croata, no último dia 3, que o Brasil venceu por 2 a 0, com direito a um gol e boa atuação do craque.

"Quando foi bem contra a Croácia, houve toda uma situação e eu disse 'calma'. Se pegarem o mapa de calor contra a Suíça, é um. Contra a Costa Rica, tanto as jogadas de lado, como por dentro, aumentaram consideravelmente", avaliou.

Em meio a críticas e cobranças ao camisa 10, considerado o principal jogador da seleção brasileira, Tite garantiu que a situação não é a mesma dentro do vestiário.

"Não gosto que seja dada a ele responsabilidade excessiva em cima de sucesso e insucesso. Cada uma de nós têm responsabilidade. O conjunto resolve", afirmou o comandante.

Questionado sobre as lágrimas do ex-jogador do Santos, após o apito final da partida com a Costa Rica, o técnico preferiu falar sobre experiência pessoal, logo depois da estreia da seleção, em jogo com o Equador, em 2016, pelas Eliminatórias para o Mundial.

"Quando liguei para minha esposa, chorei de alegria, de satisfação, porque é nossa característica emocional. Chorei de prazer, de orgulho, de um momento de tanta pressão fazer um grande jogo", revelou.

Além disso, Tite mostrou confiança no trabalho de preparação do Brasil no Mundial, garantindo que os comandados estão focados nas importantes decisões que virão na competição, a começar pelo jogo com a Sérvia, em que a derrota, provavelmente, resultará em eliminação.

"A equipe está preparada para os jogos importantes", garantiu o treinador, embora tenha evitado projetar possíveis confrontos nas oitavas de final.

O técnico dos pentacampeões ainda aproveitou para avaliar a Sérvia, que tem três pontos na competição e entrará em campo buscando a vitória para carimbar passaporte à fase eliminatória da Copa.

"A Sérvia tem uma equipe poderosa no jogo aéreo e tem grande técnica individual, além de jogadores de alto nível. Devemos ser capazes de neutralizar os jogadores deles, evitar faltas laterais e escanteios, e estarmos atentos aos cruzamentos", disse.

Mais Esporte