Topo

Esporte

Pai de destaque da Rússia vê anfitriã com chances: "Espanha está em crise"

28/06/2018 07h19

Moscou, 28 jun (EFE).- O técnico e ex-jogador de futebol Dmitri Cheryshev, pai do meia Denis Cheryshev, autor de três gols pela Rússia nesta Copa do Mundo, afirmou nesta quinta-feira que a seleção anfitriã tem chances de eliminar a Espanha nas oitavas de final e lembrou que os campeões mundiais de 2010 estão passando por uma fase complicada.

"Acredito que nós ganharemos e passaremos às quartas de final. A Espanha está em crise e temos que ganhar porque jogamos a Copa em casa", comentou o ex-atacante à Agência Efe a dois dias do duelo que acontecerá no Estádio Luzhniki, em Moscou.

Dmitri Cheryshev lembra que a seleção espanhola tem alguns dos melhores jogadores do mundo, mas ressalta o revés causado pela demissão do treinador Julen Lopetegui.

"Mudar o técnico da seleção a dois dias do Mundial, no último momento, é demais. Eu acho que tudo que acontecendo é um pequeno sofrimento para os espanhóis", analisou.

Na opinião do pai do artilheiro da Rússia na Copa, com três gols, a equipe da casa merece entrar no grupo dos oito melhores do torneio após os dois primeiros grandes jogos contra Arábia Saudita (5 a 0) e Egito (3 a 1), só perdendo para o Uruguai (3 a 0) em partida que as duas equipes estavam classificadas. Ele também comentou sobre o desempenho do filho, que já marcou três gols na competição.

"Denis está com uma confiança tremenda. Está na crista da onda e muito feliz. Jogar contra a Espanha neste momento é algo especial para ele. Confio muito nele", disse o ex-jogador Dínamo de Moscou e Sporting Gijón sobre o filho.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte