Topo

Esporte

Técnico da Inglaterra diz que deixou Kane no banco por risco de lesão

28/06/2018 19h59

Kaliningrado (Rússia), 28 jun (EFE).- O técnico Gareth Southgate, da seleção inglesa, justificou a ausência do atacante Harry Kane na derrota para a Bélgica por 1 a 0, pela última rodada do grupo G da Copa do Mundo, pelo risco de perder o jogador por lesão.

"O jogo foi uma experiência. Não gostamos de perder, mas os objetivos que tínhamos, alcançamos. Acho que os torcedores entenderam. Nós tínhamos que lutar até o fim, mas se ponho Kane para os últimos 20 minutos e se contunde, seria ridículo. Todo mundo sabe que os jogos importantes são eliminatórios", afirmou o comandante.

Southgate destacou que o jogo teve nível mais alto o que os primeiros do 'English Team', nas vitórias sobre a Tunísia por 2 a 1, e sobre o Panamá por 6 a 1, mesmo com as mudanças que as duas seleções utilizando muitos reservas.

"A Bélgica controlou a posse, e nós tivemos dificuldade para pressionar. Ficamos correndo atrás da bola, mas, com relação as chances, provavelmente, teríamos empatados. Tivemos alguns erros e algumas chances no contra-ataque", avaliou.

Sobre as oitavas de final, em que os ingleses encararão a Colômbia, Southgate se mostrou confiante, embora reconheça a dificuldade que o adversário deverá impor.

"Será um jogo difícil, mas acho que poderemos ganhar. Será um desafio fantástico, tem muita torcida, grandes individualidades, mas sentimos que nossa equipe está melhorando", disse.

Mais Esporte