Topo

Esporte

Coutinho tira passaporte europeu e dá espaço para Arthur e Malcom no Barça

AFP PHOTO / Benjamin CREMEL
Imagem: AFP PHOTO / Benjamin CREMEL

Da EFE, em Barcelona (Espanha)

10/08/2018 12h05

O meia brasileiro Philippe Coutinho já atuará como jogador comunitário na estreia do Barcelona na temporada, em duelo com o Sevilla, daqui dois dias, pela Supercopa da Espanha, segundo confirmaram nesta sexta-feira à agência Efe fontes do clube catalão. 

O jogador conseguiu obter passaporte português, já que a mulher, Aline, tem cidadania do país europeu. Com isso, não ocupará mais uma das três vagas para extracomunitários que cada equipe espanhola tem disponível para utilizar em partidas oficiais.

A mudança de Coutinho, que vinha sendo tratada como prioridade pelo clube, "salva" os principais reforços do técnico Ernesto Valverde. Como o Campeonato Espanhol permite apenas três extra-comunitários, Arthur, Malcom e Arturo Vidal, todos contratados nesta temporada e que não têm qualquer passaporte de país da Comunidade Europeia, tinham seu espaço ameaçado. Se não pudesse contar com os três, o Barcelona teria de rever seu planejamento para o ano, pensando em até em um empréstimo.

Durante a janela, a situação dos extra-comunitários do elenco foi uma prioridade do Barcelona, que sabia que teria problemas com a questão. Esse foi um dos motivos de Yerry Mina ter sido negociado com o Everton. Marlon, brasileiro revelado pelo Fluminense, é outro que deve ser cedido por falta de espaço no time para "estrangeiros".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte