Topo

Esporte

Chelsea supera BATE Borisov e avança na Liga Europa; Sevilla vence no sufoco

08/11/2018 18h11

Redação Central, 8 nov (EFE).- O Chelsea passou pelo BATE Borisov por 1 a 0, fora de casa, e garantiu classificação aos 16 avos de final da Liga Europa, em uma quinta-feira com Eintracht Frankurt e Lazio também garantindo vagas na próxima fase e de uma vitória importante do Sevilla.

Em Belarus, pelo grupo L, o contestado atacante francês Olivier Giroud foi o artilheiro solitário da partida, após balançar a rede aos 7 minutos do segundo tempo. O camisa 18 completou para o gol após cruzamento do lateral-esquerdo brasileiro naturalizado italiano Emerson, ex-Santos.

Os 'Blues' também contaram no time titular com outro jogador nascido no Brasil e que optou por defender a Itália: o volante Jorginho. Além disso, o meia Willian entrou em campo no início do segundo tempo, substituindo o belga Eden Hazard.

Com a vitória, o Chelsea manteve 100% de aproveitamento em sua campanha e chegou a 12 pontos. O BATE Borisov, por sua vez, está na lanterna da chave, com apenas três pontos. Na segunda posição está o Vidi, da Hungria, que foi a seis pontos, ao vencer o PAOK Salônica - que tem três - por 1 a 0, em casa.

No grupo J, o Sevilla suou muito a camisa, mas passou pelo Akhisar por 3 a 2, na Turquia, embora tenha atuado com um homem a menos durante quase todo o segundo tempo. O resultado deixou o time espanhol a uma vitória da classificação aos 16 avos de final.

Os visitantes começaram bem o jogo e marcaram duas vezes no primeiro tempo, com o atacante espanhol Nolito, aos 12, e o atacante colombiano Luis Muriel, aos 38. Na etapa complementar, aos 7, o atacante ganês Elvis Manu descontou, Quatro minutos depois, o zagueiro Sergi Gómez expulso, ao cometer falta na área.

O meia turco Güray Vural foi para a cobrança e acertou a trave. Ainda assim, aos 33, os anfitriões buscaram a igualdade, com gol do meia turco Onur Ayik, que havia acabado de sair do banco. Aos 41, o volante português Josué cometeu falta na área no meia-atacante argentino Franco Vázquez. O meia Ever Banega, também argentino, converteu o tiro e decretou a vitória do Sevilla.

Com o resultado, o cinco vezes campeão do torneio foi a nove pontos, assim como o Krasnodar, líder da chave, que superou de virada o Standard de Liège, na Rússia, por 2 a 1. O segundo gol dos anfitriões foi marcado pelo atacante Wanderson, aos 37 da etapa complementar.

O grupo H já tem os dois classificados à próxima fase definidos com duas rodadas de antecipação. O Eintracht Frankfurt foi outro a alcançar a marca de quatro vitória, em quatro jogos, ao passar pelo Apollon Limassol por 3 a 2, na casa do adversário.

O atacante bósnio Luka Jovic, o atacante francês Sébastien Haller e o meia sérvio Mijat Gacinovic marcaram para a equipe alemã. Os anfitriões tentaram reagir no fim, marcaram duas vezes com o atacante argentino Emilio Zelaya, uma delas, de pênalti, mas pararam por aí.

O vice-líder da chave é a Lazio, que também avançou ao passar pelo Olympique de Marselha por 2 a 1, no Estádio Olímpico, em Roma. O meia italiano Marco Parolo e o meia-atacante argentino Joaquín Correa balançaram a rede para o time italiano. O meia francês Florian Thauvin descontou.

No grupo G, o Villarreal se isolou na liderança ao empatar com o Rapid Viena em 0 a 0, chegando assim aos seis pontos. O Spartak Moscou, por sua vez, chegou ao segundo lugar ao bater o Rangers, na Rússia, por 4 a 3. O terceiro gol dos donos da casa foi marcado pelo atacante Luiz Adriano.

No grupo I, o Besiktas esteve perto de provocar reviravolta na chave, mas acabou cedendo empate ao Genk em 1 a 1, na Bélgica, e com isso se manteve na lanterna. O meia-atacante português Ricardo Quaresma marcou para o time turco, e o meia norueguês Sander Berge deixou tudo igual. O placar foi o mesmo do jogo entre Malmo e Sarpsborg 08, na Suécia.

Já no grupo K, Dínamo de Kiev bateu o Rennes por 3 a 1, com gols do atacante esloveno Benjamin Verbic, do lateral-esquerdo Vitaliy Mykolenko e do meia ucraniano Mykola Shaparenko. A equipe foi a oito pontos, assim como o Astana, que superou Jablonec por 2 a 1, com direito ao atacante Pedro Henrique, ex-Caxias abrindo o placar. Os dois vencedores de hoje estão muito perto de garantir a vaga.

Mais Esporte