Topo

Esporte

Presidentes de Argentina e Espanha se reúnem e falam sobre Libertadores

30/11/2018 18h12

Buenos Aires, 30 nov (EFE).- O presidente da Argentina, Mauricio Macri, afirmou nesta sexta-feira ao chefe do Governo espanhol, Pedro Sánchez, que está de acordo com a realização da final da Taça Libertadores, entre River Plate e Boca Juniors, em Madri, mas ressaltou que se trata de uma decisão que corresponde exclusivamente ao mundo do futebol.

Sánchez e Macri se reuniram por ocasião da presença de ambos na cúpula do G20, realizada desde nesta sexta-feira em Buenos Aires. Fontes ligadas a Sánchez disseram à Agência Efe que os dois abordaram a partida, que deveria ter acontecido no último fim de semana, no estádio Monumental de Nuñez, mas foi remarcada devido a um ataque ao ônibus do Boca.

Nesta quinta, a Conmebol confirmou que a decisão será joga no estádio Santiago Bernabéu, em Madri, no dia 9, às 17h30 (de Brasília). A confederação sul-americana recebeu o aval do governo da Espanha, que já está avaliando as medidas de segurança necessárias.

Mais Esporte